A segunda maior montadora da Coréia do Sul, a Kia Motors, afirmou no último dia 2 de novembro que irá construir uma nova fábrica na China para atender à crescente demanda no mercado mundial de automóveis de maior crescimento nos últimos tempos.

A terceira fábrica da Kia que ficará localizada ao nordeste da China, a ser construída na cidade de Yancheng partir do próximo ano, vai produzir 300 mil carros por ano quando, assim que concluída no segundo semestre de 2014.

A unidade de fabricação e montagem vai aumentar a produção anual da Kia na China dos atuais 430.000 carros para 730.000 veículos, segundo a empresa.

A Kia, que vende sedans de médio porte, incluindo K5 e um veículo sub-compacto como o K2 na China, observou o seu crescimento das vendas mais lento, com queda de 38% em relação ao ano passado e de 70% em comparação com 2009 em meio à crescente concorrência.

A Kia opera 13 plantas em oito países, incluindo Índia e Estados Unidos. É uma filial da maior montadora da Coréia do Sul, a Hyundai Motor, e as duas empresas juntas formam o quinto maior grupo de produção de carros do mundo em termos de vendas.

"O mercado chinês tem sido o foco principal para muitas montadoras globais, e esta tendência tem resultado em clientes chineses exigindo melhores carros", disse o presidente da Hyundai, Chung Mong-Koo.

Chung chamou de "imperativo" ganhar os corações dos consumidores na China, prevendo um aumento de 14% no ano seguinte, quando a demanda deverá ser de 12,7 milhões de veículos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas