Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Gaúcha Ferramentas Gerais cresce no interior de São Paulo

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


A Ferramentas Gerais (FG), maior distribuidora nacional de suprimentos industriais e de serviços destinados a manutenção, Reparo e Operação (MRO), fechou a compra da concorrente Metalsolda - Comercial e Distribuidora, de São José do Rio Preto (SP). O presidente da FG, Jorge Logemann, define a compra como um negócio de ocasião e 'um atalho no projeto de crescimento da empresa no Brasil'. Os valores da transação não foram revelados.

Segundo Logemann, a aquisição vai facilitar e penetração da FG na região noroeste do estado de São Paulo, que ele considerava um pouco desassistida. A expressão atalho é utilizada porque a empresa gaúcha, controlada pelo grupo SLC, tinha para este ano, no seu plano de expansão, somente a abertura de duas filiais em Contagem (MG) e Salvador (BA), no mês de maio.

Com o negócio fechado ontem, a FG passa a contar com o quarto ponto de varejo no Brasil. Os demais estão localizados em Porto Alegre (onde fica a matriz), em Joinville (SC) e em Curitiba (SC). Em Itu (SP), assim como ocorrerá em Minas e na Bahia, existe apenas um centro de distribuição e uma equipe de vendas. Em São José do Rio Preto, a loja e o centro de distribuição já com a marca da FG devem ser inaugurados em três meses. A idéia é também reforçar a equipe local de vendas.

A Metalsolda, com 15 anos de atuação no mercado, trabalha nas áreas de comercialização e distribuição de itens para consumo industrial, oficinas mecânicas, construção civil, ferramentas, máquinas, equipamentos e produtos para solda. A empresa, com cerca de 8 mil clientes, teve ano passado um faturamento na ordem de R$ 10 milhões. Para este ano, Logemann acredita ser possível atingir a cifra de R$ 12 milhões.

'Essa unidade vai ter, para a gente, uma atuação complementar no estado de São Paulo. Ela atende a cidades de um raio de até 200 quilômetros de São José do Rio Preto, sul de Minas, Mato Grosso do Sul e Goiás', diz Logemann. Entre as vantagens estratégicas da nova controlada está, pela localização, a possibilidade de atender com baixo custo as regiões norte e nordeste do estado.

Em São Paulo, onde a FG está presente desde 2002, a previsão para este ano é obter um faturamento de até R$ 40 milhões, o dobro do resultado de 2003. Os antigos controladores permanecerão com a comercialização e distribuição de produtos para as áreas hospitalar e de solda (oxigênio e EPI''s). 'É uma área em que não atuamos e representava cerca de 10% do faturamento da empresa', esclarece Logemann, que garante não haver, no momento, possibilidade de novas aquisições.

A FG teve em 2003 um faturamento de R$ 496 milhões e pretende chegar este ano a R$ 580 milhões. Com atuação ainda muito centrada na região Sul, a empresa tem planos para abrir pelo menos uma unidade em cada estado até 2010. Também existe a possibilidade do ingresso na Argentina.

O plano da FG para se tornar uma companhia nacional se apóia na abertura de uma média de duas novas filiais por ano. Para 2005, a intenção é entrar no Rio de Janeiro. Depois, os próximos estados devem ser Goiás e Mato Grosso.

Para Logemann, uma das principais razões do crescimento da empresa é a extensa linha de produtos - um diferencial em relação às concorrentes. O mix da Ferramentas Gerais conta com 300 mil itens, oriundos de 1,5 mil fornecedores. Dos 1,5 mil funcionários, 500 são vendedores.

Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google