Com o tumulto da crise financeira na Europa e problemas na América do Sul, os lucros da empresa GM caíram cerca de 5,9% no terceiro trimestre deste ano, e a empresa advertiu sobre a possibilidade de cortes de custos e de empregos, neste último dia 09 de novembro.

O presidente do grupo, Dan Akerson, afirmou que a GM produziu um "trimestre sólido", mas que a companhia ainda tem muito trabalho a fazer. "Temos desafios, como buscar o crescimento em todo o mundo", disse Akerson.

"Precisamos e devemos continuar a trabalhar para encontrar novas maneiras de reduzir a complexidade e conter os custos em todo o mundo".

A GM, fabricante das marcas Chevrolet e Cadillac, disse que o lucro líquido no trimestre, no período que abrange os meses de julho a setembro, caiu para US $ 2,09 bilhões. As receitas foram de 36,7 bilhões de dólares em 2010 para 34,1 bilhões de dólares em 2011.

Depois de uma forte recuperação em 2010 depois do período de recessão de 2008-2009 e um resgate liderado pelo governo, a empresa GM prevê que o quarto trimestre deste amo irá mostrar pouca mudança em relação ao ano anterior, "como resultado de tendências sazonais na América do Norte e o declínio comercial na Europa".

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas