Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

O que é vantagem absoluta

É importante estabelecer a diferença entre vantagem absoluta e vantagem comparativa, uma vez que é a vantagem comparativa que determina o potencial de ganhos do comércio

Mais notícias relacionadas a comércio internacional:

Taiwan: mercado promissor de produtos siderúrgicos
Cenário dos laminados planos é dominado pela China Steel Corporation (CSC), única empresa com usinas ...


O que são exportações invisíveis
Também conhecidas como exportações intangíveis, incluem pagamentos, licenciamento e repatriação de lucros entre empresas.


Camex anuncia redução de imposto de importação até 2014
Máquinas e bens de informática não produzidos no Brasil


o que é vantagem absolutaEm comércio internacional, vantagem absoluta é a capacidade de um país, indivíduo, empresa ou região em produzir um bem ou serviço a um menor custo por unidade do que o custo em que qualquer outra entidade que produz o mesmo bem ou serviço.

Ao analisar a teoria do comércio exterior e da economia internacional, é importante estabelecer a diferença entre vantagem absoluta e vantagem comparativa, uma vez que é a vantagem comparativa que determina o potencial de ganhos do comércio, e não a vantagem absoluta.

O melhor exemplo, segundo o livre comércio, é que os países têm diferentes vantagens absolutas na produção de bens. Por exemplo, devido a diferenças no solo e clima, os Estados Unidos são melhores na produção de trigo que o Brasil. O Brasil está na frente na produção de café do que os Estados Unidos. Obviamente, ambos os países estão em melhor situação quando os americanos produzem trigo e troca de uma parte dele pelo café que os brasileiros produzem.

Mas isso significa que um país com uma vantagem absoluta na produção de um bem deve sempre produzir bens ao invés de importá-lo? Não, segundo o economista inglês David Richard explicou pela primeira vez no início dos anos 1800. Um país pode ter a vantagem absoluta na produção de um bem sem ter uma vantagem comparativa.

Vantagem comparativa é o que determina se vale a pena produzir um bem ou importá-lo.

Suponha que existem apenas dois bens, carros e computadores e um recurso produtivo que é algum composto de terra, trabalho e capital. Considere-se também que a produção de 100 carros requer duas unidades do recurso produtivo (RP) nos Estados Unidos e quatro unidades no Brasil e produzir 1.000 computadores requer três unidades de PR nos Estados Unidos e quatro no Brasil.

Os americanos têm uma vantagem absoluta na produção de ambos os carros e computadores.

o que é vantagem absolutaPode parecer que os americanos não apresentem nenhum ganho pela negociação com os brasileiros. Por que não produzir ambos os carros e os computadores aqui?

Porque os custos para produzir mais computadores nos Estados Unidos são maiores do que no Brasil. Todos os custos são custos de oportunidade. O custo dos computadores é igual a produzir os carros que poderiam ter sido produzidos. Usar as três unidades da PR necessária para produzir 1.000 computadores nos Estados Unidos exige sacrificar a produção de 150 carros. Usando as quatro unidades de RP necessária para produzir 1.000 computadores no Brasil exige sacrificar apenas 100 carros.

Assim, mesmo que os americanos tenham uma vantagem absoluta na produção de computadores, os brasileiros têm uma vantagem comparativa. Comparado com o que tem de ser sacrificado, o Brasil produz computadores para apenas dois terços, tanto quanto ele custa nos Estados Unidos. Os Estados Unidos, é claro, tem uma vantagem comparativa sobre o Brasil na produção de carros. Produzir 100 carros custa 666 computadores, enquanto produzir 100 carros no Brasil custa 1.000 computadores.

Se, por exemplo, os Estados Unidos produziram ambos os carros e computadores que podem dedicar 70 unidades de RP para a produção de automóveis e 30 unidades para produção de computadores, produzindo 3.500 carros e 10.000 computadores. Se o Brasil produziu ambos os produtos, ele pode dedicar 56 unidades do RP para a produção de automóveis e 24 para produção de computadores, produzindo 1.400 carros e 6.000 computadores.

Por outro lado, especializando-se em suas vantagens comparativas, os Estados Unidos podem produzir 5.000 carros e o Brasil pode produzir 20 mil computadores, ou um total de 100 carros adicionais e 4.000 computadores adicionais. Os Estados Unidos poderiam comercializar 1.450 carros para o Brasil por 12.500 computadores e tem 50 carros adicionais (3.550) e 2500 mais computadores (12.500), enquanto o Brasil teria 50 carros mais (1450) e 1500 mais computadores (7500).

O comércio é sempre produtivo, uma vez que gera mais produção e estimula o ciclo da economia.

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a comércio internacional:

Importação de produtos químicos da Índia

A indústria química indiana está em franca expansão. O setor proporciona hoje um grande volume de negócios dentro e fora do país. Produtos químicos ...
Pesquisa mostra recuperação da indústria chinesa

A produção industrial na China melhorou neste mês de outubro, dando sinais de que uma recuperação pode estar tomando forma depois de uma queda acentuada da segunda ...
Definição de certificado de origem

O certificado de origem é um documento importante no comércio internacional que atesta que os bens em um embarque de exportação específico são inteiramente obtidos, produzidos, fabricados ...
Diferença entre marca de serviço e marca registrada

Se você fabrica um produto ou oferece um serviço, provavelmente quer que sua empresa tenha uma identidade única para permitir que seus clientes saibam a origem do produto ou ...
Modelos de comércio internacional

Modelos de comércio internacional têm sua origem na teoria da vantagem absoluta apresentada por Adam Smith, que demonstrou que era benéfico para um país se especializar ...
Déficit em químicos alcança US$ 12,0 bi no primeiro semestre

As importações brasileiras de produtos químicos totalizaram mais de US$ 19,4 bilhões no primeiro semestre de 2012, enquanto as exportações somaram US$ 7,4 bilh ...
China pretende criar zona de conversão da moeda

A China planeja criar uma zona especial para experimentar com a convertibilidade da moeda em Shenzhen (foto), cidade em que introduziu as principais reformas econômicas há três d ...

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google