A Noranda anunciou que vai se fundir com a subsidiária Falconbridge em uma troca de ações de US$ 2,5 bilhões e que vai criar uma das maiores companhias de metais da América do Norte. A Noranda, terceira maior produtora de zinco do mundo e oitava maior mineradora de cobre, vai pagar 1,77 de suas ações para cada ação da subsidiária, simplificando uma complexa estrutura societária. Antes de incorporar a Falconbridge, terceira maior mineradora de níquel do mundo, a Noranda vai oferecer a recompra de 63,4 milhões de suas ações ordinárias. A Brascan, que controla 41% da Noranda, vai entregar suas ações para esta oferta.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas