Fornecedora de peças para os caminhões produzidos pela DaimlerChrysler, Scania e Fiat-Iveco, a Metalúrgica Riosulense programa para este ano o maior investimento da sua história para ampliar a capacidade de produção: R$ 12 milhões. Localizada em Rio do Sul (SC), a metalúrgica está negociando um contrato com mais uma grande montadora do setor e iniciou recentemente fornecimento para a Perkins.

Em 2004, com a conjuntura favorecendo as fabricantes de caminhões, a Riosulense ultrapassou suas metas de vendas. O faturamento bruto, esperado para crescer 35%, mostrou incremento de 50% e o lucro operacional subiu 60%.

Com o aumento da capacidade, a metalúrgica pretende quadruplicar a produção de camisas de cilindro, peça voltada ao setor de reposição, que começou a ser produzida pela companhia no ano passado. Hoje, essa produção é secundária na companhia. Os principais produtos da empresa são os guias de válvulas, sedes e tuchos de válvulas.

A expansão da área de fundição e de usinagem será de 40% nas respectivas capacidades de produção. Hoje, a companhia produz 330 toneladas de peças/mês na fundição e 2 milhões de peças/mês na usinagem. Haverá ainda compra de novos equipamentos e modernização do parque fabril.

Parte dos recursos, cerca de 50%, será financiada pelo BNDES e o restante com recursos próprios. Segundo a empresa, os investimentos estão sendo feitos neste ano porque há boas perspectivas com a conjuntura econômica. A Riosulense exporta 15% da sua produção, principalmente para Estados Unidos, Alemanha, Oriente Médio, Chile e Argentina. A estimativa da direção da Riosulense é de que neste ano o faturamento bruto total cresça novamente 50% e o crescimento de vendas físicas seja de 40% ante os 45% verificados no ano passado.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas