Oferta e procura de commoditiesCommodities muitas vezes crescem quando o mercado de ações está estagnado. De meados dos anos 1960 ao início de 1980, os mercados acionários em todo o mundo não aumentaram em valor, mas os commodities foram muito bem durante esse período.

Ao contrário de ações e futuros de ações, commodities têm uma oferta limitada. Existe excesso de fornecimento quando as economias mundiais estão indo mal e a oferta diminui quando elas vão bem.

Países em desenvolvimento, como China e Índia, usam uma enorme quantidade de matérias-primas em seus sempre crescentes setores industriais. A China tem a maior parte da demanda, pois eles precisam de commodities do tipo soft, como grãos, e metais industriais. China e Índia também têm grande interesse por ouro, já que esse é, muitas vezes, um sinal de riqueza para as pessoas que vivem nesses países.

Enquanto o fornecimento de commodities é limitado e inflexível, a oferta mundial de dinheiro está sempre mudando. A oferta de moeda oscila para cima e para baixo, de acordo com as ações dos bancos centrais e tesouros das nações em todo o mundo. Quando há taxas de juros excessivamente baixos em um país, isso geralmente é sinal de uma grande oferta de dinheiro.

Petróleo e gás existem em quantidades limitadas e é difícil de descobrir novas fontes destas commodities. O petróleo é usado por quase todo o mundo e as nações dependem dele para o progresso de sua economia. Já o gás natural é usado por em processos produtivos e em casas em todo o mundo e também é um componente de difícil obtenção.

A demanda de metais está em alta, incluindo cobre, prata, ferro, bem como outros metais industriais. Na verdade, a demanda é tão alta para alguns metais que há uma indústria da sucata significativa, como o ferro e o aço de sucata importados para a China. Os grãos e commodities soft incluem milho, açúcar e outros, que são renováveis, mas a demanda aumenta quando a economia cresce rapidamente.

Oferta e procura de commoditiesCommodities do passado e presente

Nas décadas de 80 e 90, houve uma desaceleração na demanda por commodities, e isso levou a uma diminuição de preços. Commodities agora são considerados de baixo custo. Os anos 1980 e 1990 causaram uma diminuição na capacidade de produção. Atualmente, isso vai causar uma relação oferta/procura íngreme, conforme as economias do mundo começam a expandir com força total.

Isto é porque a oferta de mercadorias é fixa e a oferta mundial de dinheiro é cada vez maior. A expansão constante da oferta de moeda irá forçar um desequilíbrio de oferta e procura, uma vez que haverá mais dólares, ienes e euros perseguindo a mesma quantidade ou menos de commodities. Isto levará a uma pressão constante subida do preço de commodities.

Devido ao fato de que a maioria das commodities são agora negociados eletronicamente nos mercados futuros, existem muito poucas barreiras à entrada e gestores de dinheiro profissionais, os hedgers, comercializam e especulam mercadoria para as empresas.

O mercado de commodities é verdadeiramente mundial e não existem fronteiras para as commodities.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional