Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Megatendências e o futuro das empresas

Com tantas mudanças em relação aos sistemas naturais da Terra, as empresas do futuro terão que se adaptar, inovar e se transformar para se manter competitivas e bem-sucedidas.

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


Megatendências e o futuro das empresasO mundo está mudando rapidamente. Não estamos falando de mudança tecnológica - que, obviamente, vem acontecendo em um ritmo crescente desde os anos 1950 com um enorme impacto no mundo e no dia a dia das pessoas. A mudança em questão neste artigo está associada com o meio ambiente e com a maneira como nós, seres humanos, interagimos com ele.

Neste artigo serão discutidas três megatendências que deverão moldar e definir a trajetória do mundo, os seres humanos e todos os seus seres vivos nos séculos futuros.

Assim, as empresas do futuro terão que se adaptar, inovar e se transformar para se manter competitivas e bem-sucedidas. É muito fácil ser pego pelo pessimismo ao ler sobre essas megatendências, então em vez disso, o artigo a seguir parte de uma perspectiva positiva - destacando como as empresas e a economia do futuro podem responder com soluções que impulsionam o crescimento e valor compartilhado (isto é, a idéia de que as questões sociais podem ser incorporadas em estratégias de negócios fundamentais para beneficiar a sociedade e para o sucesso financeiro de uma empresa).

Megatendência 1: Crescimento da População

A população humana tem crescido em um ritmo vertiginoso desde 1950 e já bateu a marca de 7 bilhões em novembro de 2011. A previsão é que atinja 10 bilhões até 2100.
Não é preciso ser um cientista para perceber que quanto mais pessoas, maior a demanda sobre os sistemas naturais da Terra, mais lixo, mais consumo, etc. A terra só pode produzir uma quantidade limitada de recursos naturais e assimilar os resíduos até certo ponto antes do colapso.

Muito tem sido escrito sobre o crescimento populacional desde cientistas sociais clássicos, como Malthus, até pensadores contemporâneos, como Ehrlich. Muitos criticam o argumento do crescimento populacional e ele é visto como controverso demais para intervir no processo normal de procriação. Mas a verdade é que existem humanos demais no planeta. Desde a industrialização, fomos passando de uma situação estável para uma situação instável.

Eventualmente, a terra vai dar para trás e tentar chegar a um equilíbrio estável novamente. O impacto da terra em mudança já está sendo sentido. Você só precisa ler as notícias para ouvir sobre a fome, questões de segurança de energia, ambientes degradados e tóxicos, em grande escala da perda de biodiversidade, o desmatamento, a desertificação, a pobreza extrema e surtos epidêmicos. A freqüência e a intensidade desses impactos devem aumentar, conforme a população mundial continua a crescer. As empresas do futuro têm como desafio fornecer produtos e serviços que tornem mais fácil e mais segura a vida da população em um mundo altamente povoado.

Megatendência 2: Urbanização

Megatendências e o futuro das empresasCom o crescimento da população, vieram também as altas taxas de urbanização. Em 1800, apenas 2% da população mundial vivia na zona urbana. Em 1950, 30% da população mundial era urbana. Hoje, mais de metade da população mundial está em áreas urbanas.

Para ter uma noção de escala, em 1950, Nova York era a única cidade no mundo com mais de 10 milhões de pessoas. Hoje, existem 26 cidades com mais de 10 milhões de pessoas - Tóquio lidera com 34,2 milhões de pessoas. O impacto da rápida urbanização coloca enorme pressão sobre a estabilidade da economia, política, social e cultural das cidades que alimentam a economia global.

O negócio de futuro será aquele que se adaptar aos desafios colocados pela urbanização e, potencialmente, oferecer soluções que abordam questões fundamentais, como a escassez de habitação e infraestrutura, as questões da qualidade do ar, saúde para todos e problemas de trânsito e mobilidade.

Megatendência 3: Mudanças Climáticas

Nos últimos 30 anos, a mudança climática se tornou um tema muito debatido. A discussão tem se centrado em torno de três questões: 1. A mudança climática é real? 2. Se for, as mudanças estão sendo causada pela atividade humana? 3. Quais são as implicações de uma mudança climática?

Hoje em dia, existe consenso científico generalizado em torno das questões 1 e 2. Os cientistas estão confiantes de que a média global de temperatura é de cerca de 0,5°C superior ao que era há um século, que os níveis atmosféricos de CO2 têm aumentado ao longo dos últimos dois séculos devido à atividade humana e que o CO2 é um gás de efeito estufa, cujo aumento provavelmente aquece a Terra.

O impacto da mudança climática ainda é debatido, mas as conseqüências prováveis incluem alterações do nível do mar, aumento de ocorrências de condições meteorológicas extremas, migração em massa, perda de biodiversidade, inundações ou secas freqüentes. Para os negócios do futuro, será importante sobreviver dentro de cenários extremos e oferecer soluções que ajudem seus clientes a mitigar e se adaptar às mudanças climáticas.

Fazendo a Diferença

A mudança transformacional não será completa sem a tecnologia. Temos a sorte de estar vivendo em um momento especial na história do mundo. Pela primeira vez, podemos nos conectar com pessoas de todo o mundo com um simples toque de um botão. Muitos de nós temos acesso a qualquer coisa que desejamos e somos livres para viajar pelo mundo.

Sim, ainda enfrentamos desafios enormes e muitas pessoas ainda vivem sob a linha da pobreza ou pior, mas em muitos aspectos, houve um progresso incrível ao longo dos últimos 100 anos. Embora essas megatendências pareçam insuperáveis, o mundo vai encontrar soluções para essas perguntas.

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google