O que é um eliminador de arUm eliminador de ar é um segmento de tubulação, que é anexado a uma parte do tubo principal de um sistema de tubulação para liberação do ar. Em sistemas nos quais o fluxo de fluidos é medido por um medidor, o eliminador é geralmente ligado em cima da linha principal. O objetivo principal dos dispositivos eliminadores de ar é impedir que o ar passe através do medidor, o que causaria volume de leituras imprecisas. A maioria dos sistemas de tubulação utilizada nas caldeiras e resfriadores em instalações de fabricação utiliza eliminadores de ar.

Como o ar é geralmente mais leve do que os líquidos, os equipamentos eliminadores de ar são unidos acima de uma câmara na parte mais alta do tubo principal. Medidores de fluxo não podem diferenciar fluidos do ar, de modo que os eliminadores de ar são instalados à frente dos medidores em uma tubulação para não deixar que o ar seja medido. Desta forma as leituras dos medidores volumétricos são mais precisas. Cabe lembrar que o desgaste excessivo e a falha na unidade, além de danos, também podem ser reduzidos se o fluxo de líquido estiver livre de ar.

Um típico eliminador de ar é uma peça circular de material de canalização feito de um metal, como alumínio ou aço. Alguns tipos são feitos de policloreto de vinila (PVC). Eliminadores de ar de metal são propensos à corrosão causada pela água, pelo vapor ou por fluxo de refrigerante, bem como por aprisionamento de ar excessivo. Materiais como o PVC não enferrujam, mas podem soltar produtos químicos prejudiciais para o líquido que atravessa a tubulação.

eliminadores de ar manuais e mecânicos Um eliminador de ar é composto de um compartimento de metal ou plástico, uma válvula e aberturas de ventilação. O compartimento tem uma entrada, onde passam os fluxos líquidos, e uma tomada localizada na parte superior, onde o ar é liberado. A válvula é anexada a um objeto flutuante por uma alavanca. Esta válvula é responsável por detectar e empurrar o ar acima do nível do líquido.

O ar, em seguida, é liberado seja por operação manual ou quando os limites de pressão são violados, no caso dos eliminadores de ar automáticos. Os tipos de eliminadores de ar manuais e mecânicos são relativamente baratos e simples de realizar a reparação. Um eliminador de ar automático pode fornecer medições volumétricas mais precisas, mas é mais caro que os mecânicos.

Modelos de eliminadores de ar devem ser testados após a instalação e a manutenção regularmente. Profissionais técnicos recomendam verificar as saídas de ar desses dispositivos, pelo menos, duas vezes por ano. A vida útil e a condição desses dispositivos podem ser prolongadas através da instalação de um separador com malha para reter sólidos. A substituição de um eliminador de ar é recomendada depois de cinco anos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos