Benchmarking na cadeia de suprimentosBenchmarking é o processo pelo qual uma avaliação de um ato ou desempenho é medida por alguns meios, seja ela uma medida de valor de tempo ou quantidade. Por exemplo, em logística, o transporte de um local de armazenamento para outro pode ser medido pelo tempo de um único movimento ou por quantidade, se o desempenho é durante um determinado período. Benchmarking na cadeia de suprimentos

Um projeto de benchmarking na cadeia de suprimentos irá reunir as avaliações e desenvolver um plano de ação para melhorar o processo que foi avaliado. Foi a empresa de tecnologia Xerox, na década de 1980, que popularizou o benchmarking, um conceito que agora é usado em empresas em todo o mundo.

As operações da cadeia de abastecimento dentro de uma organização devem ser constantemente revistas para identificar onde as melhorias podem ser feitas ou as deficiências, eliminadas.

Um método para ajudar a fazer isso é realizar uma série de testes de benchmarking em seus processos de cadeia de fornecimento.

A definição de benchmarking permite a uma empresa avaliar as oportunidades que pode ter para melhorar uma série de áreas em sua cadeia de fornecimento, incluindo a precisão do inventário de produtividade, precisão do transporte, densidade de armazenamento e o tempo total de transporte.

Três tipos de benchmarking podem ser identificados: interno, que é focado nos processos de uma única empresa, externo, que examina os processos fora do setor direto de uma empresa e competitivo, que examina os processos em empresas do mesmo setor.

Benchmarking na cadeia de abastecimento

componentes de benchmarking
benchmarking interno
benchmarking externo
benchmarking competitivo

Componentes de benchmarking

Há uma série de componentes em um estudo de benchmarking. Nem todo projeto de benchmarking irá incorporar esses componentes, mas uma combinação destes pode ser usada.

  • Aferição financeira: trata-se de uma análise financeira das operações que são avaliadas. Por exemplo, uma empresa pode comparar o custo de armazenar um componente em cada um de seus armazéns.
  • Benchmarking de desempenho: pode comparar a eficiência de execução de uma tarefa em um local de uma empresa para outra ou em relação a um concorrente.
  • Aferição do produto: compara o produto de uma empresa em relação a outra ou comparando entre as instalações da mesma empresa.
  • Benchmarking estratégico: o método observa como outras empresas competem dentro do mesmo setor ou fora da indústria
  • Benchmarking funcional: é considerado o benchmarking tradicional, onde uma empresa vai buscar referência em um único processo em um local ou um número de locais para identificar onde o processo pode ser mais eficiente

Benchmarking interno

O processo de benchmarking interno permite que uma empresa com um número de instalações que operam mesma cadeia de abastecimento compare seus processos e contraste as maneiras pelas quais o processo é realizado nessas instalações.

Por exemplo, se uma empresa opera cinco centros de distribuição em estados diferentes, o processo de benchmarking pode examinar uma série de operações que ocorrem em cada um dos centros de distribuição e comparar a forma como elas são executadas e que melhorias podem ser feitas através da comparação dos resultados do benchmarking.

Se uma empresa tem como referência os processos em torno da precisão do inventário, a precisão do transporte e densidade de armazenamento, os resultados das avaliações das instalações podem ajudar uma empresa a melhorar os processos em todas as instalações.

Benchmarking externo

Para as empresas que já realizaram benchmarking interno e querem investigar novas formas para melhorar o desempenho de seus processos internos, benchmarking externo pode produzir melhorias significativas.

Muitas empresas acreditam que seus processos são extremamente eficientes, mas muitas vezes, as eficiências são limitadas pelo conhecimento dentro da empresa. O processo de benchmarking externo leva uma empresa para fora de sua própria indústria e a expõe a diferentes métodos e procedimentos.

Por exemplo, um fabricante e distribuidor de componentes elétricos têm aferido seus armazéns internamente por alguns anos e esgotou as ideias para melhorar a eficiência. Eles se aproximam de uma empresa de sucesso no varejo para visitar seu armazém central para conhecer processos que ocorrem lá e compará-los com seus processos próprios de armazenagem e logística.

O benchmarking externo permite que o fabricante dos componentes elétricos avalie os processos vistos no armazém do varejista e desenvolver um plano de melhoria para suas próprias instalações com base nos resultados.

Benchmarking competitivo

Empresas que não estão indo tão bem quanto seus concorrentes podem querer identificar as razões pelas quais falta eficiência em seu processo.

Consultorias e empresas de pesquisa podem realizar estudos de benchmarking competitivo para as empresas que vão identificar os pontos fortes e fracos de seus processos com base na dos seus concorrentes. A empresa tem, então, subsídios para produzir planos de melhoria com base nos resultados do benchmarking competitivo.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística