Produção de montadoras cresceu apenas 0,7% em 2011Em 2011, a produção automotiva (carros, utilitários, comerciais leves, caminhões e ônibus) brasileira registrou apenas 0,7% de crescimento - menor índice dos últimos nove anos. Foram 3.406.150 veículos produzidos ao longo do ano passado. Os dados foram divulgados ontem pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que representa as empresas Fiat, Volkswagen, General Motors (GM), Ford, Mercedes-Benz e Scania.

Apesar do baixo crescimento, a produção de 2011 bateu o recorde do setor, registrado em 2010. As vendas cresceram 3,4% no ano e a presença de importados cresceu 23,6%.

Produção de montadoras cresceu apenas 0,7% em 2011A desaceleração tem como uma das causas a sintonia das empresas automobilísticas com as políticas de economia do governo, que está agindo com cautela, graças à crise na zona do euro. As montadoras venderam 3,63 milhões de unidades ao longo de 2011, ante 3,51 milhões no ano anterior.

A exportação deu um salto de 7,7% no ano, com US$ 12,3 bilhões em carros exportados.

Em empregos industriais, o setor fechou com 6,3% a mais de funcionários do que no ano anterior.

Um dado curioso é que a participação de veículos com motor entre 1.0 e 2.0 superou os de 1.0 na última contagem da Anfavea. Os carros "populares" 1.0, que representavam 50,8% das vendas em 2010 caíram para 45,2% no mercado.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia