Medidores de nível em petróleo e gásMedição de nível refere-se a técnicas de instrumentação concebidas para medir a altura de um líquido ou sólido dentro de um recipiente. Para líquidos, as principais formas de medição são por radar, eletromecânicos, ultrassom, por pressão hidrostática, por radiação, por linha de transmissão, por scanner 3D, por pressão diferencial e por peso.

As indústrias de petróleo e gás natural e petroquímica têm altas exigências em medição de nível. Além de instrumentos de tecnologias tradicionais, como pressão de nível diferencial, há também a extensa aplicação de medidores de nível de radar, magnéticos e por flutuação magnética.

A indústria de petróleo e gás é um importante segmento da economia, em que medidores de nível tiveram um alto crescimento nos últimos anos. Conforme a China melhora as tecnologias industriais de extração e transporte de petróleo, alguns novos medidores de nível de ponta terão uma ampla aplicação neste segmento.

Um dos problemas com um número significativo das novas tecnologias de medição de nível é que elas são instaladas através de um bocal e são expostos aos produtos. Isso pode criar vários problemas, especialmente quando o equipamento retromontados nos navios já foram liberados, já que não pode ser possível equipar o instrumento no local necessário.

Além disso, como o elemento de medição é exposto ao conteúdo dentro do recipiente pode atacar ou esconder o instrumento, o que faz com que ele não realize o serviço, causando uma falha na medição.

Medidores de nível em petróleo e gásUm dos métodos mais confiáveis é usar um medidor de densidade nuclear, que é instalado fora do navio e normalmente não requer um bocal para medição de nível a granel. O elemento de medição fica de fora do processo e pode ser mantido em funcionamento normal, sem desligamento. Desligamento só é necessário para uma calibração precisa do equipamento.

Esse mesmo medidor de densidade nuclear é utilizado também na construção civil, bem como para fins de prospecção e arqueologia. É constituído por uma radiação de fonte que emite um feixe direcionado de partículas e um sensor de partículas que conta o que são recebidos ou refletidos pelo material de teste ou passam por ele. Calculando o percentual de partículas que retornam ao sensor, o medidor pode ser calibrado para medir a densidade e a estrutura interna do material de ensaio.

Diferentes variantes são utilizados para cada finalidade. Para análise de densidade de objetos superficiais, como estradas ou nas paredes, uma gama emissor de origem, como 137 césio é usado para produzir radiação gama. Essas partículas são eficazes na análise dos primeiros 25 centímetros com alta precisão. 226 Radium é usado para profundidades de 300 metros. Esses instrumentos podem ajudar a encontrar cavernas subterrâneas ou identificar locais com menor densidade que tornaria a construção de túneis perigosos.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás