Uso de uma bateria de NiCdUma bateria de NiCd é uma bateria que utiliza níquel e cádmio como seus eletrodos. É importante observar que, embora Ni e Cd sejam símbolos químicos dos elementos puros, uma bateria de NiCd realmente usa hidróxido de níquel e óxido de cádmio metálico em sua composição. A bateria de NiCd é um dos tipos mais utilizados de bateria recarregável, e é visto amplamente em aplicações de consumo.

A maioria das células primárias usadas em baterias possui um potencial nominal de 1.5V, valor maior do que a de uma bateria de NiCd, que é 1.2V. No entanto, a maioria das células primárias também conta com tensão variável, o que faz a bateria reduzir o gasto de sua carga. Na maior parte dos tipos de baterias isso representa apenas 0.9V, enquanto uma bateria de NiCd perde pouco potencial de células, de modo que mesmo quando se aproxima da completa perda de carga ainda gera em torno de 1.2V. Como resultado, grande parte dos dispositivos destinados a funcionar com baterias pode usar baterias de NiCd, mesmo com sua menor potencial nominal.

Embora muitas pessoas só tenham tomado conhecimento da bateria de NiCd nos últimos anos, este suprimento foi produzido pela primeira vez em 1899 na Suécia. Nos Estados Unidos, Thomas Edison produziu as baterias de níquel-ferro algum tempo depois. Por causa dos custos mais elevados, no entanto, as baterias de chumbo continuaram a ser o tipo de bateria dominante em todo o mundo até a década de 1990.

bateria de NiCdInício na década de 1980, a bateria recarregável NiCd começou a se tornar a mais popular de todas as baterias recarregáveis, em geral. Durante os anos 1980 e início da década de 1990, as baterias de níquel-cádmio continuaram a dominar o mercado de baterias recarregáveis, quando ambas as baterias de íons de lítio e de níquel metal-hidreto (NiMH) começaram a crescer em termos de mercado. Nos últimos anos, a bateria de níquel metal-hidreto superou a popularidade das baterias de NiCd, que não são vistas com tanta frequência como antes.

Baterias de níquel metal-hidreto são os principal concorrente para as baterias de NiCd, e em grande parte as tornaram obsoletas em muitas áreas. Uma bateria de NiMH é mais barata, menos tóxica, e geralmente tem maior capacidade do que se comparada a uma bateria NiCd, tornando-se a melhor escolha para muitas aplicações. Uma das vantagens apenas das baterias de NiCd sobre as de NiMH é que elas têm sua taxa de auto-descarga muito menor, portanto, para aplicações em que as baterias precisam durar por longos períodos de tempo, as baterias de NiCd são preferíveis. Por exemplo, controles remotos de televisão, que usam muito pouca energia elétrica ativa, muitas vezes usam baterias de NiCd em vez de baterias NiMH, que se degradam mais rapidamente.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais