Aplicações dos materiais compósitosMateriais compósitos para a construção, engenharia e outras aplicações semelhantes são formados pela combinação de dois ou mais materiais de tal forma que os elementos sejam distinguíveis, e não totalmente misturados. Um exemplo de um material compósito é o concreto, que usa cimento como material obrigatório em combinação com o cascalho como um reforço. Em muitos casos, utiliza vergalhão de concreto como um segundo reforço, tornando-se um composto de três fases, por causa dos três elementos envolvidos.

Os tipos de materiais compósitos aproveitam as diferentes forças e habilidades de materiais variados. No caso de tijolos de barro e palha, por exemplo, a lama é um excelente material de ligação, mas não pode resistir bem à compressão e à força. A palha, como um tipo de fibra, por outro lado, é bem capaz de resistir à compressão sem desmoronar ou quebrar, e por isso serve para reforçar a ação aderente da lama. Nos últimos anos, os engenheiros e especialistas têm criado materiais compósitos para construir objetos mais fortes, contudo, mais leves.

A maioria dos materiais compósitos usa dois componentes: um aglutinante ou matriz e um reforço. O reforço é mais forte e resistente, formando uma espécie de espinha dorsal, enquanto a matriz mantém o reforço em um lugar definido. Geralmente, os materiais compósitos têm compressibilidade excelente, fator combinado com boa resistência à tração, e por isso são versáteis em uma ampla gama de situações.

materiais compósitos reforçadosMudanças bruscas de temperatura, forças externas, presença de umidade, de água ou erosão química são todos os fatores contabilizados em uma avaliação elaborada pelos engenheiros antes de construírem algo. Ao projetar um avião, por exemplo, os engenheiros precisam de um tipo de material leve e forte, que possa isolar e proteger os passageiros. Uma aeronave feita de metal puro pode falhar catastroficamente se uma pequena rachadura aparecer na lataria do avião. Por outro lado, as aeronaves integrando materiais compósitos reforçados, como fibra de vidro, grafite, e outros híbridos serão mais fortes e menos propensos a quebrar em pontos de tensão em situações de turbulência.

Muitos tipos de compósitos são fabricados em camadas, com um reforço de fibra tecida montada entre camadas de plástico ou de outro aglutinante semelhante. Estes materiais compósitos têm a vantagem de ser facilmente moldáveis, como no casco de um barco de fibra de vidro. Compósitos têm revolucionado muitos setores na indústria, especialmente a indústria de aviação, em que o desenvolvimento de compósitos de alta qualidade permite às empresas construírem aviões maiores e melhores.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Construção Civil
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Construção Civil