Ao seguir uma política rígida de responsabilidade ambiental, a indústria metalúrgica Sandvik do Brasil obteve no final do ano passado a certificação ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental - que credencia as empresas que possuem planos de controle ambiental alinhados à legislação brasileira.

A opção por iniciar o “projeto ISO 14001” aconteceu em janeiro de 2003, quando a matriz da Sandvik, na Suécia, determinou que todas as filiais da empresa no mundo precisariam se adequar a essa certificação até o final de 2004.

A partir daí, a Sandvik do Brasil criou um comitê com quatros pessoas, uma de cada área da empresa (Coromant, Mining and Construction, Materials and Tecnology e área corporativa) para colocar o projeto em prática.

Em dezembro de 2003, a empresa recebeu a visita de um consultor de instituição credenciada, cujo objetivo era analisar a política ambiental corporativa existente e ver quais seriam as mudanças que teriam que ser efetivadas. “Identificamos a necessidade de realizar algumas alterações para atender à legislação brasileira”, afirma Juliana Mariane Diniz, técnica de qualidade da Sandvik Coromant.

Terminada a primeira fase do projeto, a empresa deu a largada para a etapa de treinamento das pessoas que formavam o comitê. “Foi feita a interpretação e implementação da nova ISO 14001. Além disso, realizamos o levantamento de aspectos e impactos ambientais e da legislação ambiental aplicável ao negócio. Algumas pessoas chaves foram indicadas para o treinamento de auditores internos”, conta Juliana.

O resultado dessa operação gerou um cronograma de metas, com atividades e ações que precisavam ser realizadas para que o objetivo da certificação fosse conquistado. Durante essa implementação, a Sandvik recebeu uma equipe para realizar uma pré-auditoria e analisar o andamento do processo. O resultado ficou abaixo do esperado. “Havia uma falta de consciência ambiental por parte do quadro de profissionais da Sandvik no Brasil”, observa ela.

Segundo a técnica de qualidade da empresa, esse foi um momento chave para o sucesso do projeto ISO 14001. “Era um problema real e muito complicado de resolver, pois sem a ajuda das pessoas ficaria impossível colocar em prática uma política de controle ambiental”, analisa.

Teatros interativos, palestras, pesquisas, gibis com histórias em quadrinhos focadas em problemas ambientais, sorteios motivacionais, e até a presença de um alto executivo da empresa vindo diretamente da Suécia, foram algumas das ações realizadas para obter a tão sonhada conscientização junto aos funcionários.

O resultado das ações foi acima do esperado. O cenário se modificou e, em meados de dezembro de 2004, a Sandvik, após passar por uma rigorosa auditoria oficial, finalmente recebeu a certificação ISO 14001.

Na prática, com as novas normas adotadas, a empresa conseguiu reduzir gastos com consumo de energia. Também passou a reciclar não só o lixo industrial e está com projeto de reaproveitamento de água, além de melhorar a limpeza e a organização dos resíduos da fábrica.

De acordo com Juliana, a conquista do ISO 14001 é muito importante para a Sandvik. “Isso mostra que a empresa está comprometida com o bem-estar dos funcionários e da comunidade, preservação do meio ambiente, bem como a qualidade e organização do local onde as pessoas trabalham”, completa.

Autor(es): Conteúdo Comunicação Empresarial

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente