Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Soldagem de juntas dissimilares

As diferenças nas propriedades físicas dos metais podem causar problemas durante o processo de soldagem e depois, se não forem devidamente unidas.

Mais notícias relacionadas a metal mecânica:

Como escolher o melhor eixo de aço
O aço é muitas vezes a melhor escolha para um eixo, pois é resistente a ...


Extrusão de alumínio
Peças são produzidas por aquecimento de alumínio ou suas ligas através de um molde no ...


O que é usinagem fotoquímica
Método cria imagens ou recortes gravados em uma folha de metal por meio da exposição ...


Soldagem de juntas dissimilaresSoldar metais dissimilares significa unir dois tipos diferentes de metais ou ligas de metal (materiais feitos de mais de um tipo de metal).

Por exemplo, a soldagem de aço galvanizado com aço não-galvanizado ocasiona soldagem de dissimilares porque o processo de galvanização requer a adição de zinco ao aço, tornando esse material uma liga. O processo das juntas soldadas dissimilares apresenta várias dificuldades, que podem ser superadas com o uso dos materiais e procedimentos corretos.

Dificuldades

O processo da soldagem de metais diferentes apresenta algumas dificuldades. VM Radhakrishnan, autor do livro "Tecnologia e Design de Soldagem", identifica três dificuldades principais. De acordo com Radhakrishnan, as diferenças nas propriedades físicas dos metais podem causar problemas durante o processo de soldagem e depois, se não forem devidamente unidas.

Além disso, o uso de um material de enchimento impróprio durante a soldagem pode levar a problemas como o enfraquecimento dos metais, das articulações e maior suscetibilidade à corrosão. Por fim, novos compostos feitos de metais diferentes podem formar no local da conjunção e levar à formação de material frágil, que quebra facilmente.

Métodos de soldagem

Existem vários tipos de solda - embora nem todos sejam adequados para a soldagem de juntas dissimilares. De acordo com um estudo publicado pela Sociedade Americana de Solda, solda elétrica e soldagem de ponto funcionam melhor para juntas de soldagem dissimilar.

Soldagem a arco implica o uso de uma máquina de solda que cria uma corrente elétrica, ou arco, entre o metal e a máquina. Esse arco derrete o metal no ponto de contato.

Soldadura de ponto consiste em aquecimento de um local de ambos os lados, usando uma corrente elétrica transferida de um par de eletrodos para o local.

Soldagem de juntas dissimilaresMetais de enchimento

Soldagem de juntas dissimilares requer o uso de metais de enchimento. Enchimentos compreendem um grupo de metais usados em pequenas quantidades durante a soldagem para ajudar a juntar metais diferentes de uma forma que incentive a compatibilidade entre os materiais e ajude a prevenir problemas como corrosão e fragilidade.

O tipo de enchimento que você usa depende completamente dos tipos de metal que você quer soldar. Por exemplo, ao soldar diferentes de tipos de aço, use um terceiro tipo de aço com propriedades similares aos outros dois como um enchimento (filler). Você pode encontrar mapas de materiais de enchimento ideal online ou pode ainda falar com um profissional especializado em metal ou solda.

Temperatura

A temperatura de soldagem afeta fortemente o sucesso do processo de soldagem de metais dissimilares. Por exemplo, Joseph R. Davis, autor do livro "Cobre e ligas de cobre", recomenda a soldagem de aço ao cobre em 537° C (ou 1000 graus Fahrenheit). De aço para bronze de silício, no entanto, requer uma temperatura máxima de 65° C (ou 150 graus Fahrenheit).

Siga sempre as recomendações de temperatura para evitar problemas como fragilização e uma diluição excessiva da carga nos metais soldados.

Radhakrishnan salienta a importância da soldagem no nível mais baixo de calor necessário para evitar muitos dos problemas associados com o processo. Você pode encontrar gráficos sobre as temperaturas de solda ideal em livros e na internet.

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a metal mecânica:

Como escolher o melhor adesivo para metal

Para decidir pelo melhor adesivo para metal, é necessário considerar uma série de fatores que envolvem o trabalho que se pretende realizar. Se a aplicação exige um adesivo ...
Processo de pressão isostática a quente

Pressão isostática a quente é um processo em que a densidade global de um componente é aumentada, removendo o excesso de líquidos e vazios. Isto normalmente ocorre em duas ...
Composição de plásticos

Composição de plástico é um processo de adição de materiais em uma base de plástico fundido para produzir um material com qualidades desejadas. Aditivos e modificadores podem ...
O que é curvatura plástica

A curvatura plástica normalmente envolve a alteração da forma de folha de plástico ou de ângulos que integram no tubo de plástico rígido para aplica ...
Tolerância de curvatura

Tolerâncias de curvatura é uma medida da quantidade de material extra necessária para acomodar uma curva na folha de metal. Esta é uma função do ângulo de dobra, o ...
Microusinagem de massa

Microusinagem de massa é um método de fabricação de componentes mecânicos ou elétricos extremamente pequenos. Este processo tipicamente usa wafers de silício, mas, ocasionalmente, utiliza pl ...
Microfabricação ou microusinagem

Microfabricação e microusinagem são termos que descrevem as tecnologias e processos utilizados na tomada de estruturas microscópicas ou dispositivos. Estas estruturas podem variar em tamanho, a partir ...

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google