A Honda Motor, terceira maior montadora do Japão, sofreu uma queda de 20% em sua produção mundial no ano passado, disse a empresa em 27 de janeiro.

A empresa Honda fez 2.910 mil veículos, não incluindo a fabricação de motos em 2011, em meio ao um esforço de produção depois dos desastres naturais, a um aumento de ienes e do abrandamento econômico europeu.

Os números foram anunciados conforme as grandes empresas do Japão anunciaram sua produção de veículos anual de 2011. A Toyota, que já havia confirmado no início desta semana a perda da posição como maior montadora do mundo, disse que produziu 7.860.000 veículos, queda de 8,2%.

A Nissan foi a única montadora japonesa líder a aumentar a produção global anual, apesar da ruptura da cadeia de suprimentos com o desastre envolvendo o terremoto no Japão em 2011 e as inundações na Tailândia. A companhia produziu 4,63 milhões de unidades, um aumento de 14,3% perante os resultados de um ano atrás, enquanto as vendas globais atingiram um recorde 4,67 milhões de veículos.

A Mitsubishi Motors, quarta maior montadora do país, produziu 1.140.000 veículos, uma queda de 2,8%.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas