O que é um detector de partículasUm detector de partículas é uma peça de equipamento científico, que pode ser usado para determinar a presença de partículas de alta energia. Há diferentes tipos de detectores de partículas em uso em todo o mundo, desde dispositivos enormes e muito sofisticados ligados aos aceleradores de partículas até os contadores Geiger, que são usados para verificar a presença de radiação. A tecnologia por trás dos modelos de detectores de partículas é constantemente ajustada e refinada pela comunidade científica.

O campo da física tem o maior uso de detectores de partículas, sendo que os físicos já trabalham com partículas de alta energia em uma base regular. Um detector de partículas pode ser usado tanto em pesquisa quanto em física aplicada para experimentos, verificações de segurança e investigações sobre a natureza do universo. Além de detectar partículas, os tipos de detectores de partículas também podem retornar informações sobre os atributos das partículas.

Alguns detectores de partículas dependem da ionização causada por partículas de alta energia à medida que passam através de um meio, como um gás. A ionização pode causar alterações visuais ou mudanças que podem ser detectadas com equipamentos altamente sensíveis, identificando a presença de uma partícula. Em um contador Geiger, por exemplo, a presença de partículas radioativas faz com que o gás no detector de partículas se torne um condutor, gerando sons característicos. Outros utilizam luminescência, contando com o fato de que as partículas de alta energia podem causar erupções na luminescência ou em várias substâncias.

detector de partículasAceleradores de partículas têm detectores de partículas ligados de forma que os físicos podem medir o resultado de experimentos realizados no interior do acelerador de partículas. Muitos destes dispositivos de medição são extremamente sensíveis, capazes de devolver dados sobre números muito pequenos de partículas, que pode ser importantes com reações delicadas e complexas. Equipamentos como os detectores de partículas também são usados para medir outros tipos de reações criados por físicos em laboratório ou no ambiente natural, e eles são aproveitados para estudar o processo de decaimento radioativo.

Além de seu uso em pesquisas, os modelos de detectores de partículas portáteis também são muito úteis em relação à questão de segurança. Pessoas que trabalham em ambientes com radiação ionizante são normalmente obrigadas a usar dispositivos detectores de partículas que monitoram a exposição à radiação, e esses dispositivos são empregados também com o intuito de vasculhar áreas que tenham a presença de radiação ionizante perigosa. Usinas nucleares e outras instalações que lidam com materiais radioativos têm geralmente um detector de partículas instalado com o objetivo de detectar vazamentos e alterações nos níveis de radiação ambiente, que podem sinalizar o desenvolvimento de um problema, como uma instabilidade na planta.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos