Um rompimento na coluna de produção do FPWSO Dynamic Producer, que está localizado a cerca de 300 quilômetros da costa do Estado de São Paulo, foi detectado pela Petrobras na manhã dehoje. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

O navio-plataforma FPWSO Dynamic Producer realiza o Teste de Longa Duração (TLD) de Carioca Nordeste, no pré-sal da Bacia de Santos. A profundidade no local da ocorrência é de 2.140 metros.

O poço estava em produção, operando com um sistema de monitoramento e registro contínuo. Após o rompimento, o sistema de segurança fechou automaticamente o poço de petróleo, que agora está bloqueado e em condições seguras.

Uma estimativa preliminar da empresa de petróleo e gás aponta a possibilidade de um vazamento de 160 barris de petróleo. Não há possibilidade do petróleo chegar à costa brasileira.

A Petrobras acionou imediatamente o seu Plano de Emergência e mobilizou todos os recursos necessários para o recolhimento do petróleo no mar e do petróleo residual da parte superior da coluna, além de ter comunicado oficiialmente a ocorrência à Marinha do Brasil, IBAMA e Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás