Usiminas investe em nova geração de aços para veículosA nova geração de aços desenvolvidos para uso automotivo é a maior aposta da Usiminas para os próximos cinco anos. É nesse período que os novos conceitos de segurança e a determinação de maior leveza do aço chegarão nos novos modelos de veículos lançados no Brasil. A expectativa é de que o aço de alta resistência, desenvolvido por um pool de siderúrgicas de vários países, represente 20% das vendas até 2009. Hoje, a produção dos novos tipos de ligas de aço representam 3% das vendas do volume anual de 4,2 milhões de toneladas por ano.

O consórcio de siderúrgicas desenvolve desde 1994 uma alternativa mais resistente e leve de aço para ser usado em veículos. O projeto Ulsab (Ultra Light Steel Auto Body) já consumiu US$ 40 milhões e é a grande resposta da siderúrgica mundial ao avanço do alumínio e do plástico em partes dos veículos. A liga desenvolvida pela Usiminas traz novidades quanto à composição química do aço e o processo de produção. São essas duas condições combinadas que permitiram à siderúrgica o desenvolvimento de uma chapa com espessura de 0,6 milímetro, ante a anterior de 0,8.

"O ganho para a indústria automotiva chegou a 25% e o aumento de custo deste aço ficou abaixo disso", diz Ed Juarez Taiss, representante da empresa no Ulsab. Os novos veículos, projetados a partir de agora, deverão receber um volume maior de aços mais resistentes. Os volumes para esse tipo de aço colocados na carroceria devem subir de 20% a 80%, dependendo do modelo. Como participou do desenvolvimento, a Usiminas acha que está na dianteira desse novo mercado automotivo no Brasil.

Autor(es): Diário do Comércio

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas