Circuito integrado analógicoUm circuito integrado analógico (CI) é um componente básico na maioria dos equipamentos eletrônicos, sendo o circuito mais básico de uma parte maior de um circuito eletrônico. Exemplos de circuitos integrados analógicos são os amplificadores operacionais, circuitos de gerenciamento de energia e sensores. Os mais conhecidos e de longa duração entre os circuitos integrados analógicos são os amplificadores operacionais 741 e os temporizadores 555.

Um circuito integrado analógico é o que torna os computadores, telefones celulares, e outros equipamentos, todos disponíveis para uso, e podem ser encontrados dentro de quase todos os equipamentos eletrônicos de consumo disponíveis para a humanidade hoje em dia. Ainda é utilizado quando há uma necessidade de aplicações mais elevadas de energia e sinais de banda larga que necessitam de requisitos como taxa de amostragem e interface para utilização de um transdutor.

Um circuito integrado analógico envolve um sinal de saída que se segue a um sinal de entrada contínuo. Na fase inicial, conhecido como entrada, a tensão ou sinal é recebido de uma fonte. A segunda fase, ou o estágio de ganho, é quando ocorre uma amplificação, onde a tensão ou o sinal é aumentado, de modo que possa ser processado de forma mais eficaz. O sinal de saída é limitado ou expandido na última fase, denominada fase de saída, ou seja, a principal função de um circuito integrado analógico é a amplificação.

Chip de circuito integrado analógico e digital.

                                                                 Chip de circuito integrado analógico e digital.

Dependendo da concepção do circuito integrado, o ganho de tensão do circuito aberto não precisa estar na gama superior. Estes sinais contínuos são capazes de desempenhar funções de desmodulação como amplificação, mistura e filtragem ativa. Um circuito integrado analógico será composto de semicondutores, indutores, capacitores e resistores, fabricados em um mesmo processo, sobre uma substância comum semicondutora de silício que é designada vulgarmente por chip.

Para as empresas fabricantes de equipamentos eletrônicos, bem como seus engenheiros e designers, um circuito integrado analógico é adquirido na forma de um pequeno chip. Ao invés de se dimensionar um circuito analógico a partir do zero, estes fabricantes podem escolher entre as várias opções que os produtores de circuitos integrados já disponibilizam no mercado.

A maioria dos projetos de circuitos de processamento de sinal misto está adaptado.

A maioria dos projetos de circuitos de processamento de sinal misto está adaptado.

Isso não significa, no entanto, que todos os circuitos integrados analógicos são bons o suficiente em todos os dispositivos eletrônicos. Alguns dos problemas têm de ser resolvidos antes de se produzir um dispositivo. A maioria destes problemas ocorre porque o valor do sinal irá sempre alterar, o que é mais ou menos 20% da tensão original ou do valor do sinal. Um problema particular, e que embora cada semicondutor processado terá uma resposta diferente em cada dispositivo eletrônico.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Um produtor de circuito integrado pode simplesmente utilizar um projeto de placa para selecionar e testar dispositivos com base em valores do equipamento em desenvolvimento. Por outro lado, um projetista de circuito integrado analógico deverá tentar encontrar o equilíbrio perfeito antes de incorporá-lo a um dispositivo eletrônico. Atualmente, a maioria dos projetos de circuitos de processamento de sinal misto está adaptado, pelo qual o produtor substituiu algumas funções analógicas com elementos de lógica digital para permitir que o chip seja capaz de interagir com um microprocessador.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Elétrica & Eletrônica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Elétrica & Eletrônica