Refino de metais preciososO refino de metais preciosos é uma técnica usada para purificar metais preciosos. Existem vários métodos diferentes para a refinação de metais preciosos, mas os dois processos principais são a pirometalurgia, que envolve o aquecimento, e a hidrometalurgia , que envolve a dissolução dos metais em um solvente. Após a purificação, os metais são limpos para completar o processo de refinação.

A preparação para a refinação de metais preciosos muitas vezes envolve a coleta de uma amostra do metal a ser refinado, criando um ensaio. Durante a amostragem, o metal é pesado, medido e derretido em um líquido, e, em seguida, as amostras são colhidas. Normalmente uma amostra é retida pela empresa de refinação e outra é fornecida para o cliente. Após a amostragem, um ensaio é executado para determinar as quantidades exatas e concentrações dos metais preciosos e para que as impurezas sejam removidas.

Uma vez que a amostra e o ensaio são realizados, o processo de refino de metais preciosos já pode começar, geralmente através de pirometalurgia ou hidrometalurgia. Durante o processo de pirometalurgia, o metal é aquecido e fundido para separar as impurezas. No processamento de alguns tipos de metais, uma forma de gás vai ser utilizado para criar bolha através do metal derretido, e tanto os metais preciosos quanto as impurezas segmentadas se oxidarão, mudando a consistência do metal para permitir a remoção. Em alguns casos, as impurezas e os metais preciosos fundem-se a temperaturas significativamente diferentes, o que permite uma fácil separação por meios físicos.

Um tipo especial de pirometalurgia é um processo de purificação dispendioso, porém eficaz.

                                 Um tipo especial de pirometalurgia é um processo de purificação dispendioso, porém eficaz.

Um tipo especial de pirometalurgia, conhecido como refinação de zona, é um processo de purificação dispendioso, mas altamente eficaz. Esta técnica aborda a refinação de metais preciosos pelo alongamento do metal que será purificado em uma barra de comprimento variável. A barra é então sequencialmente aquecida, a partir de uma extremidade, e as impurezas permanecem na forma líquida, migrando para a outra extremidade de barra, quando a secção seguinte é aquecida. No final da barra, as impurezas são recolhidas, permitindo a fácil remoção. O processo pode ser repetido várias vezes, criando uma perda de uma parte significativa do metal, mas deixando o resto do metal purificado.

A hidrometalurgia é a outro tipo principal de refinação de metais preciosos, e abrange o uso de um solvente para dissolver o metal e remover as impurezas. O primeiro passo do processo é conhecido como lixiviação, durante o qual o metal é dissolvido usando um solvente conhecido como um lixiviante que pode ser ácido ou básico. Em seguida, a solução é purificada através de extração, precipitação ou por processos de permuta iônica.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------
O último passo é a recuperação dos metais preciosos a partir da solução purificada, e as técnicas para este passo incluem precipitação, eletrolítico e redução de um gás. A hidrometalurgia é um processo muito mais variável, a grande variedade de diferentes métodos permite que seja adaptado para a amostra individual que será refinada.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica