O que é um revendedor de valor agregadoUm revendedor de valor agregado é um revendedor que se envolve em uma forma de negócio em que o valor dos produtos oferecidos para venda é aumentado adicionando funcionalidades ou componentes exclusivos. Ao adicionar mais valor aos produtos existentes, os varejistas podem aumentar a margem de lucro para a sua atual linha de produtos. O revendedor de valor agregado é capaz de aumentar sua linha de produtos sem gastar enormes quantidades de tempo e dinheiro no desenvolvimento de novos produtos. O revendedor acrescenta este valor adicionado por meio de serviços, recursos e funções.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

A idéia por trás dessa tática é simples. Embora o preço da embalagem possa ser considerado caro para uma única peça, a adição de mais componentes cria maior valor. Os programas adicionais oferecidos pelo revendedor de valor agregado permitem que o utilizador final justifique a compra, porque ele divide o custo total do conjunto pelo número de produtos ou serviços incluídos.

Em alguns casos, a tática de adição de valor pode ser utilizada para estimular as vendas de certos itens ou serviços profissionais do inventário. Muitos fabricantes e prestadores de serviços oferecem um preço com desconto em produtos ou serviços que não atendem as suas vendas projetadas. Os clientes podem encontrar, muitas vezes, essas oportunidades de economizar dinheiro na forma de promoções. Por exemplo, um mecânico de automóveis pode oferecer um rodízio dos pneus gratuito com uma troca de óleo ou uma empresa de telefonia pode oferecer um pacote que inclui televisão, internet e serviço de telefone fixo a um preço com desconto.

Entrega rápida a domicílio é um exemplo de valor agregado em serviço que uma empresa pode dar aos clientes

           Entrega rápida é um exemplo de valor agregado em serviço que uma empresa pode dar aos clientes

Um exemplo comum de um produto oferecido por um revendedor de valor agregado é fornecimento de software. Quando o usuário final pode comprar um determinado programa, ele pode ser descartado pelo preço elevado. Em muitos casos, os varejistas incluem uma variedade de jogos, mídia ou software de segurança em um conjunto que é, então, vendido ao usuário final. O revendedor de valor agregado dá um valor maior ao software por agregação extra com o pacote. O varejista pode fazer ter lucro adicional, porque a pessoa que procura um programa acaba pagando mais pelo pacote do que pretendia pagar pelo produto individual.

Outro exemplo comum desta tática de vendas é visto na indústria do fast food. Ao visitar muitos restaurantes de fast food, um rápido olhar no menu revela a opção de comprar certos alimentos juntos por um preço com desconto. Essas refeições geralmente incluem um sanduíche, um item lateral e uma bebida oferecida com um pequeno desconto.

Como um revendedor de valor acrescentado, o restaurante está apostando no fato de que mais pessoas vão encomendar esses pacotes combinados em vez de gastar dinheiro em um único alimento ou bebida. Ao faze-lo, o comprador acaba gastando mais com o combo que ele talvez pretendia gastar comprando apenas um sanduíche.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia