COSIPA fortalece presença no mercadoA Cosipa integra formalmente o maior complexo siderúrgico da América Latina e fortalece sua presença no mercado e na região, anunciando planos para o futuro. Segundo o presidente da empresa, Rinaldo Campos Soares, a intenção é investir cerca de US$ 250 milhões nos próximos anos na usina de Cubatão. A empresa, com capacidade de produzir 4,5 millhões de toneladas de aço e gerando mais de 12 mil empregos diretos e indiretos permanentes na região, vive um novo momento.

A operação de fechamento de capital da Cosipa foi concluída, passando a empresa a ser subsidiária integral do Sistema Usiminas. Juntas, Cosipa (Cubatão – SP) e Usiminas (Ipatinga - MG) têm capacidade de produção de cerca de 9,5 milhões de toneladas de aço/ano.

Ao fazer parte do Sistema Usiminas, com 14 empresas, mais entidades sociais, no Brasil, e participação em siderúrgicas na Venezuela e Argentina, a Cosipa fortalece a sua presença no mercado siderúrgico, cuja participação nacional gira em torno de 30%.

Ao completar, em 2005, 12 anos de privatização, a Cosipa tem trabalhado para se manter competitiva no mercado, além de intensificar sua atuação socialmente responsável, com vários projetos educacionais e culturais na Baixada Santista. E os resultados de 2004 marcaram a trajetória da empresa, já que foram os mais expressivos de seus 41 anos. O balanço fechou com aumento da produção e do lucro. No ano passado, saíram dos altos fornos da usina de Cubatão 4,3 milhões de toneladas de aço - uma alta de 3% em relação a 2003, a receita bruta cresceu 48% e ficou em R$ 6,5 bilhões. O lucro bruto aumentou 122% e fechou em R$ 2,1 bilhões.

“No início da década de 90, a Cosipa era uma empresa sucateada, com muitos problemas. Hoje, depois de muito trabalho e mudanças profundas em sua estrutura, a siderúrgica está saneada, pronta para competir e enfrentar novos desafios, como este, de fazer parte do maior complexo siderúrgico da América Latina”, disse Omar Silva Júnior, que assumiu a função de diretor industrial das usinas da Cosipa e da Usiminas, e agora tem sob sua responsabilidade o comando das duas unidades.

Autor(es): ABM - Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas