Ciência Política e EconômicaCiência política e economia são Ciências Sociais. A Ciência Política é o estudo da política na teoria e na prática, embora a economia seja o estudo de como os recursos são produzidos e distribuídos. Além de lidar com assuntos que muitas vezes se relacionam uns com os outros na vida cotidiana, a Ciência Política e a Economia são comumente vistos como termos acadêmicos que se correlacionam.

A ciência política trata de uma variedade de tópicos relacionados à política. Isto inclui filosofias políticas diferentes sobre como a sociedade deve funcionar. Também inclui a forma como os sistemas políticos trabalham para produzir leis fiscalizadas pelo governo.

A economia lida com duas áreas principais. A Microeconomia é o estudo de como os consumidores individuais e empresas fazem compras, produzem, investem e escolhem como poupar. A Macroeconomia observa como funciona uma economia e a forma como as políticas podem afetar os efeitos combinados das decisões microeconômicas. Pode-se argumentar que a economia é uma ciência social e não uma ciência pura, porque é baseada na resolução de um dilema insolúvel: como atender ilimitado número de pessoas mesmo com recursos limitados.

A ligação mais importante entre a ciência política e a economia está nos aspectos práticos do governo. Por exemplo, pode haver uma conexão entre o fato de um político considerar-se de esquerda ou de direita, dentro do contexto do país em causa, e se o político coloca mais peso na economia fiscal, que visa estimular a economia através de gastos do governo. Ou, ainda, se a economia é monetarista, que visa estimular a economia, influenciando o preço e a disponibilidade de crédito.

Um dos cruzamentos mais comuns entre ciência política e economia é a teoria da escolha racional.

                                   Um dos cruzamentos mais comuns entre ciência política e economia é a teoria da escolha racional.

Há muitos temas em que circunstâncias podem ter tanto um elemento político quanto econômico, como se um governo deve tentar reduzir as desigualdades em toda a sociedade, trabalhar no sentido de igualdades de oportunidade, ou evitar qualquer interferência sempre que possível.

Um dos cruzamentos mais comuns entre ciência política e economia é a teoria da escolha racional. Este é o estudo e a tentativa de modelar as maneiras pelas quais os indivíduos fazem escolhas. Pode-se argumentar que a teoria da escolha racional é uma teoria econômica que é contrariada pela realidade política, sendo mais difícil de objetivar.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Por exemplo, um economista utilizaria a teoria da escolha racional ao assumir que um consumidor vai sempre escolher o fornecedor mais barato entre aqueles que oferecem produtos idênticos. A política pode explicar porque alguns consumidores, ao contrário, optam por pagar um preço mais elevado para obter os bens de um fornecedor mais ético.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia