Faturas eletrônicas proporcionam até 80% de economiaProcessos de faturamento eletrônico possibilitam uma redução de custos de 50% a 80%, quando comparados com processos realizados em papel. É o que mostra levantamento anual da Billentis, empresa multinacional de e-billing e e-invoicing. Segundo a empresa, os investimentos em processamento de faturas eletrônicas podem, frequentemente, ser recuperados dentro de 6 meses.

Muitas empresas no mundo todo já usam processos eletrônicos. Em 2012, mais de 15 bilhões de faturas/contas devem ser enviadas e arquivadas sem uso de papel, representando economia financeira, melhor qualidade dos dados e sustentabilidade com a automatização dos processos. Apenas na Europa, a otimização do setor público deve representar um valor de cerca de 40 bilhões de euros.

Empresas estão dispensando processos em papel para economizar

Empresas estão dispensando processos em papel para economizar

De acordo com Bruno Kohch, analista de mercado internacional da Billentis, o crescimento sustentável do mercado de e-billing deve ficar em torno de 20% a 30% nos próximos anos, com várias centenas de fornecedoras e desenvolvedoras de software oferecendo soluções para e-invoicing.

O relatório da Billentis, que está disponível na página da empresa, tem como objetivo dar suporte aos remetentes e destinatários de faturas, que desejam substituir os custosos processos de faturamento feitos em papel por processos automáticos e mais modernos. O documento inclui números e informações importantes sobre o mercado, além de dados sobre iniciativas relevantes (padrões, legislação), análises qualitativas e detalhes sobre diversas ofertas de soluções.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas