Sistema de oxidação térmica para controle de poluiçãoOxidantes são produtos usados para processar as emissões de gases nocivos das instalações industriais, realizando o processo de oxidação com temperaturas elevadas, antes da libertação dos gases para a atmosfera e meio ambiente. Estes oxidantes são usados em diferentes indústrias e aplicações, incluindo impressão em papel, refino de petróleo e outras atividades que produzem diversos poluentes, como compostos orgânicos voláteis (VOC), óxidos de nitrogênio (NOx) e monóxido de carbono. Todos os oxidantes podem ser classificados em dois tipos com base em sua operação, sendo eles oxidantes térmicos e oxidantes catalíticos.

Oxidantes térmicos trabalham com o princípio de combustão e utilizam as altas temperaturas produzidas pela combustão para quebrar os gases perigosos que se dissipam na atmosfera. Com base em seu sistema de recuperação de calor, os oxidantes são essencialmente de dois tipos - oxidante de recuperação térmica e oxidante de regeneração térmica (RTO).

O tipo recuperativo utiliza um permutador de calor integrado convencional, conhecido como permutador de calor principal, com o seu sistema de recuperação de calor. O calor recuperado é utilizado para pré-aquecer a corrente de gás de entrada dos gases de escape. Em alguns casos, um permutador de calor adicional, o chamado permutador secundário, também está incluído no fluxo após o permutador primário aquecer outro fluido usado no processo.

Equipamento de oxidação térmica de controle da poluição.

                                                  Equipamento de oxidação térmica de controle da poluição.

O tipo regenerativo usa um conjunto de leitos de transferência de calor de cerâmica para fins de recuperação de calor. Além de ser mais durável e oferecer uma vida útil mais longa, em comparação com os permutadores de calor recuperativos utilizados, os leitos de cerâmica também proporcionam a melhoria da eficiência térmica. A eficiência térmica do oxidante regenerativo térmico é de cerca de 90% a 95%, em comparação com os 50% a 75% oferecidos pelos oxidantes recuperativos térmicos. Este aumento de eficiência térmica leva à economia de energia e custos operacionais reduzidos.

Uma versão especializada da RTO, conhecido como oxidante regenerativo catalítico ou o RCO, utiliza meios de cerâmica revestidas com catalisadores de metais preciosos, que ajudam na oxidação da corrente de gás a temperaturas comparativamente inferiores. Este tipo de oxidante, com as suas baixas temperaturas operacionais, oferece ainda maiores reduções nos custos de funcionamento.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Outro tipo de oxidante térmico aproveitado em alguns casos é o oxidante de queima direta térmica, que carece de sistema de recuperação de calor de qualquer tipo. No entanto, a falta de um sistema de recuperação de calor faz com que este tipo de oxidante seja mais caro para operar.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente