Alcoa A companhia do setor de siderurgia Alcoa (IW 1000/188) anunciou em 05 de abril que irá reduzir sua capacidade de produção anual de alumina, por cerca de 390 mil toneladas, para alinhar a produção com cortes de fundição que a Alcoa anunciou no início deste ano.

Os cortes vão reduzir a capacidade de refino da Alcoa na região do Atlântico em cerca de 4% e já estão em andamento. A região do Atlântico representa cerca de 50% da capacidade da Alcoa de refino total global, que é de 18 milhões de toneladas métricas por ano.

"A Alcoa está a tomar estas medidas para evitar o excesso de oferta de alumina, um agravante na região do Atlântico, e para melhorar a eficiência do nosso sistema de refino", disse Chris Ayers, presidente global da Alcoa Produtos Primários. "Continuaremos a monitorar as condições de mercado e tomaremos as medidas, se tais se justificarem".

Em janeiro deste ano, a Alcoa a redução a capacidade de fundição de 531.000 toneladas. Desse total, 291.000 representaram o encerramento definitivo da capacidade nas plantas do Tennessee e Texas, que estavam ociosas desde 2009.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

A empresa Alcoa chegou a acordo com autoridades governamentais e sindicatos na Itália e na Espanha sobre os cortes. A redução de 90.000 toneladas métricas na fundição espanhola já começou e está prevista para ser concluída no primeiro semestre deste ano. A fundição em Portovesme, na Itália, com uma capacidade de 150.000 toneladas métricas, vai concluir a redução até o final do ano.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas