Formações geológicas em meio ambienteFormações geológicas são agrupamentos de rochas com características semelhantes. Em geologia, o termo se refere especificamente a estratos geológicos, enquanto os leigos podem referir-se informalmente a afloramentos de rocha ou de interesse geológico como formações de características geológicas, mesmo que isso não seja tecnicamente correto. Estudar e identificar formações é uma parte fundamental da geologia, e permite que os geólogos façam uma série de análises, desde a data de formação de uma paisagem até a identificação de depósitos minerais úteis.

Visualizando as estruturas geológicas no ambiente é mais fácil quando a paisagem está sendo vista na seção transversal, normalmente com uso de mapas e infográficos. Se uma encosta é cortada em duas partes, camadas de material geológico irão aparecer. Quando os materiais em uma camada são da mesma idade ou composição, isto pode ser chamado de um formação geológica.

Estas formações são agrupadas em grandes grupos, ou divididas em segmentos menores chamados de membros, para ajudar os geólogos a descrevê-los, explorá-los e estudá-los. Quando um geólogo encontra uma formação que ele ou ela pensa que é novo, a informação é apresentada à autoridade, que lida com as convenções de nomenclatura da área, e se a formação for confirmada como uma nova descoberta, o geólogo pode ter a honra de nomeá-lo.

Existem formações geológicas das mais exóticas em todo o mundo.

                                 Existem formações geológicas das mais exóticas em todo o mundo.

Usando informações sobre a geologia, um geólogo pode observar uma paisagem. Ele ou ela também procura formações correspondentes em pedaços de terra que não são contíguos. Identificar formações também permite que os geólogos acompanhem a atividade geológica, como quando versões altamente compactadas de uma formação geológica conhecida são encontradas perto de um limite tectônico.

Muitas estruturas geológicas são feitas a partir de rochas sedimentares, embora outros tipos de rochas podem também ser encontrados em uma formação. O tipo de rocha é importante, pois fornece informações sobre as condições em que a rocha foi constituída, e a história geológica de uma área. Depósitos múltiplos de calcário, por exemplo, indicam que uma área já foi coberta por um oceano, enquanto uma camada de fluxo vulcânico sugere que houve atividade vulcânica na região, em algum momento na história.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Identificar, descrever e nomear formações faz parte da estratigrafia, o estudo das camadas de rochas em geologia. Geólogos são capazes de preparar mapas que mostram várias formações na área e sua relação com outras áreas, e eles podem usar esses mapas para aprender sobre a história geológica. Às vezes, os eventos são mais facilmente perceptíveis quando um mapa é examinado do que quando as pessoas estão no campo, porque o mapa destila as informações na paisagem em pequenas frações de informações úteis.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente