Uma das mais tradicionais empresas do setor de ferramentas de corte no mercado brasileiro, onde está presente há mais de 40 anos e chegou inclusive a manter uma fábrica, a Valenite está praticamente fazendo sua reestréia no País. A companhia, que já pertenceu ao grupo GE e ao grupo norte-americano Cincinatti Milacron, foi adquirida pelo grupo Sandvik há três anos, passou por uma reestruturação e hoje atua em conjunto com a Safety, também integrante da divisão Sandvik Tooling. No Brasil, desde o ano passado, passou a utilizar a estrutura da Dormer Tools, compartilhando a rede de distribuição.

Na Feimafe, a empresa apresentou suas novas linhas de produtos. Um dos destaques no estande - que dividiu com a Dormer - era o sistema de canal e rosqueamento Val Thread. Waldyr Fronzolin Jr., gerente Internacional para as Américas do Sul e Central, conta que a Valenite sempre se dedicou ao desenvolvimento de tecnologias para a produção de roscas, contando com grande reconhecimento nessa área. "Somos uma referência mundial nesse segmento", afirma.

Outra novidade era a linha Val Edge. Trata-se de uma família de pastilhas em metal duro com gumes de corte em materiais avançados, como classes de policristalino e classes cerâmicas de alta performance. Franzolin informa que "essa alternativa reduz bastante o custo da ferramenta, além de proporcionar um rendimento eficiente".

A companhia também aposta no segmento de ferramentas especiais. "Vamos fazer um trabalho forte de recuperação nesse mercado no Brasil, inclusive fabricando localmente as ferramentas de menor complexidade", conta o gerente. Segundo ele, a "Valenite é internacionalmente conhecida por ser um provedor de excelência em ferramentas especiais", lembrando que "nos Estados Unidos, onde nos mantivemos sempre ativos no mercado, somos líderes em ferramentas especiais para a indústria automobilística".

"Hoje temos uma clientela bastante seletiva e nossos produtos estão sendo bem aceitos", comenta Franzolin, acrescentando que a Valenite tem planos de voltar a ter um papel de destaque no mercado brasileiro. "Nossa meta é alcançarmos a fatia de 7% do mercado brasileiro até 2007".

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas