Características do ródioRódio é um metal raro do grupo da platina que é quimicamente estável a altas temperaturas, resistente à corrosão e, principalmente, utilizado na produção de conversores catalíticos de automóveis.

O elemento metálico tem cor prateada e aspecto rígido, apresenta grande estabilidade e possui ponto de fusão elevado. Ródio, como todo MGP, partilha das ótimas propriedades catalíticas do grupo.

O metal tem uma elevada refletância, é duro e durável e demonstra tanto uma baixa resistência elétrica, bem como uma resistência de contato baixa e estável.

Propriedades do ródio

Símbolo atômico: Rh
Número atômico: 45
Categoria Elemento: metal de transição
Densidade: 12,41 g / cm³
Ponto de fusão: 1964 ° C
Ponto de ebulição: 3695 ° C
Dureza Moh: 6,0

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


História e produção do ródio

Em 1803, William Hyde Wollaston foi capaz de isolar o paládio de outros metais do grupo da platina e, conseqüentemente, em 1804, ele isolou o ródio a partir dos produtos de reação. Wollaston dissolveu platina em água régia (uma mistura de ácidos nítrico e clorídrico) antes de adicionar ferro e cloreto de amônia para se obter o paládio. Ele, então, descobriu que ródio poderia ser obtido a partir dos sais remanescentes.

Wollaston isolou o ródio a partir de uma reação com outros elementos do grupo da platina

Wollaston isolou o ródio a partir de uma reação com outros elementos do grupo da platina

O pesquisador aplicou água régia, seguida por um processo de redução de gás de hidrogênio para obter o metal ródio. O metal remanescente mostrou uma tonalidade rosa e foi nomeado após a palavra grega Rodon, que significa "rosa".

O ródio é extraído como um produto a partir de platina e níquel de mineração. Devido à sua raridade e ao processo complexo e caro necessário para isolar o metal, há poucas fontes naturais economicamente viáveis de ródio.

Como a maioria dos MGP (metais do grupo da platina), a produção de ródio é focada ao redor do complexo de Bushveld na África do Sul. O país responde por mais de 80% da produção mundial de ródio, enquanto outras fontes incluem a bacia de Sudbury, no Canadá, e o complexo de Norilsk, na Rússia.

Os usos do ródio incluem a produção de catalisadores de automóveis

Os usos do ródio incluem a produção de catalisadores de automóveis

MGPs são encontrados em vários minerais, incluindo dunito, cromito e norito. O primeiro passo na extração de ródio a partir do minério é precipitar os metais preciosos tais como ouro, prata, paládio e platina. O minério restante é tratado com bissulfato de sódio NaHSO 4 e derretido, resultando em ródio sulfato de (III), Rh 2 (SO 4 ) 3.

Hidróxido de ródio é, então, precipitado usando hidróxido de sódio, enquanto o ácido clorídrico é adicionado para produzir H 3 RhCl 6 . Este composto é tratado com cloreto de amónio e nitrito de sódio a partir de um precipitado de ródio.O precipitado é dissolvido em ácido clorídrico e a solução é aquecida até os contaminantes residuais serem queimados, deixando para trás o metal de ródio puro.

De acordo com a Impala Platinum, a produção mundial de ródio é limitada a apenas cerca de 28 toneladas por ano, enquanto que, em comparação, 207 toneladas de paládio foram produzidos em 2011. Cerca de um quarto da produção de ródio vem de fontes secundárias, principalmente da reciclagem de catalisadores, enquanto o restante é extraído do minério.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica