Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Lupatech, com novo sócio, ampliará a produção

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


A Lupatech - que reúne as empresas Microinox, Metalúrgica Nova Americana e Steelinject - informou que tem agora um novo acionista, o fundo de private equity Natexis Mercosul Fund. O fundo investiu R$ 28 milhões na empresa. Com os novos recursos, a Lupatech pretende elevar sua receita para R$ 500 milhões até o final de 2007. Em 2004, o faturamento foi de R$ 170 milhões.

"Prefiro não revelar a participação repassada ao fundo, mas foi acima de 5% do capital", disse à revista Amanhã Nestor Perini, presidente da empresa. A Lupatech efetuou a reestruturação de seu quadro acionário, mas o controle do negócio ainda pertence à Lupapar Negócios e Empreendimentos. O GP Investimentos e o BNDESPar, antes da entrada do novo acionista, detinham 43% dos papéis da empresa. Segundo o presidente, a maior parte das ações compradas pela Natexis pertencia a sócios minoritários e os recursos injetados serão investidos na ampliação da capacidade produtiva da empresa.

O Natexis Fund é administrado pelo Axxon Group, empresa surgida da parceria entre o grupo francês Natexis e uma equipe de executivos brasileiros. Seu foco de investimento são companhias com faturamento entre R$ 20 milhões e R$ 200 milhões anuais. Entre 2001 e 2004, o grupo investiu em três companhias brasileiras, duas no ramo de segurança e uma na área de saúde. A Axxon deve injetar R$ 100 milhões em outras quatro ou cinco empresas nos próximos três anos. Na Lupatech, a empresa decidiu investir por acreditar que ela está preparada para lucrar com os mercados de gás, automóveis e petróleo, com elevado crescimento projetado para os próximos anos.

Revista Amanhã

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google