O HTA (High Technology Aeronautics), consórcio formado por 12 indústrias da região de São José dos Campos (SP), fechou contrato com a EADS Casa, para a produção de peças para os aviões C-295 fabricados na Espanha. A negociação vinha se desenrolando há quatro anos e irá gerar faturamento de US$ 90 milhões nos dez anos de duração do contrato. As 12 empresas do consórcio empregam 1.000 funcionários e, em 2004, registraram faturamento total de US$ 15 milhões.

O contrato está ligado ao programa de compensações à indústria nacional, formalizado pela EADS Casa, que irá fornecer 12 aviões de transporte militar C-295 para a Força Aérea Brasileira e modernizar oito aviões de patrulha marítima P-3 Orion, cujos contratos somam US$ 722 milhões.

O primeiro lote de peças deverá ser entregue no final do ano. Na primeira fase, serão fornecidas peças em alumínio, aço e material composto para componentes de asas e portas das aeronaves. Numa fase mais avançada, o HTA deverá fornecer subconjuntos, inclusive para outras aeronaves do grupo EADS, que reúne a Airbus, a maior fabricante de jatos comerciais no mundo, e a Eurocopter, maior fabricante de helicópteros.

A Europa será o terceiro cliente do HTA no exterior. O consórcio, que reúne fornecedores da Embraer, exportou peças em caráter experimental para a israelense Elbit, fabricante de sistemas eletrônicos para radares e sistemas de vigilância no início deste ano. Agora, no segundo semestre, terá início o fornecimento para a Pratt & Whitney, fabricante de turbinas, e a Remington Sunstrand, fabricante de geradores de energia para aeronaves.

SOBRE O HTA - HTA é um consórcio de 12 empresas do setor aeronáutico na região do Vale do Paraíba (São Paulo), fundado em novembro de 2002. Com o objetivo de conquistar o mercado externo, a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, fornece apoio ao consórcio. Em sua maioria, as integrantes do consórcio foram criadas por ex-funcionários da Embraer, somando um know-how de 20 anos nas mais diferentes áreas, participando do programa aeronáutico brasileiro nos processos de engenharia, design, manufatura até a montagem não apenas de sistemas de aeronaves com propulsão a turbo, mas também aviões a reação e militares. O consórcio é formado pelas empresas: Aeroserv, Alltec,, Autômata Industrial, Bronzeana, Compoende Aeronáutica, Graúna-Carpini & Marques, Leg Engenharia, Metinjo - Metalização Joseense, Mirage Indústria e Comércio de Peças, Status Usinagem, SPU Indústria e Comércio de Peças e Tecplas Indústria e Comércio de Fibras.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas