China promete apoio a indústrias emergentesMinistros da China aprovaram hoje planos para promover o desenvolvimento de sete indústrias emergentes, incluindo a de energia limpa, enquanto o país tenta reestruturar sua economia e impulsionar o crescimento.

O anúncio chega em um momento em que Pequim está tentando combater uma crise econômica com os gastos com habitação a preços acessíveis e construção de obras públicas.

O gabinete disse que aprovou planos de lançar 20 "grandes projetos" para as indústrias emergentes, mas não deu detalhes sobre o apoio que elas receberiam. Esforços de desenvolvimento de tecnologia anteriores incluíram subsídios, benefícios fiscais e outros apoios que os parceiros comerciais, incluindo os Estados Unidos, reclamaram que violavam os princípios do livre comércio.

Outras indústrias emergentes específicas envolvem meio ambiente, tecnologia da informação, biologia, fabricação de equipamentos avançados, novos materiais e veículos movidos a energias alternativas.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

O crescimento econômico da China caiu para o menor valor dos últimos três anos, de 8,1% no primeiro trimestre. O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê 8,2% de crescimento neste ano e analistas dizem que os esforços do governo, incluindo gastos em obras públicas, devem ajudar a impulsionar uma recuperação no segundo semestre.

A longo prazo, os líderes chineses querem transformar a economia de baixos salários de agricultores e trabalhadores de fábricas em um berço de tecnologias rentáveis. Alguns campos, como a energia renovável, também servem a objetivos estratégicos, reduzindo a dependência do combustível importado.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia