Estratégia de manufatura ágilFabricação ágil (em inglês, agile manufacturing) é uma estratégia de produção empresarial que utiliza peças modulares e automação, ao invés de um modelo de linha de montagem, para aumentar a satisfação do cliente, permitindo que bens sejam produzidos e fornecidos mais rapidamente e com uma maior personalização.

Esse projeto de produção tem muitos benefícios, incluindo a capacidade de alterar os tipos de produtos de forma rápida e a capacidade de manter níveis menores de estoque. Produção ágil também tem desvantagens, no entanto, como preparação extensiva e alto custo de investimento inicial.

Muitas empresas de produção mudam para um modelo de manufatura ágil para melhor atender o desejo dos consumidores por gratificação instantânea. A automação necessária para a construção de um produto em um ambiente de manufatura ágil resulta em tempos de produção rápidos, servindo melhor a demanda por um determinado item. Os varejistas e distribuidores que utilizam essa técnica terão um grande estoque de produtos desejados prontos para a compra pelo consumidor, ao invés de ter de encomendar itens.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


A estratégia emprega uma construção modular para todos os produtos. Como resultado, cada produto pode ser decomposto nos seus componentes individuais modulares para facilitar a personalização ou alteração. Como muitas vezes é possível evitar a criação de novos desenhos e peças, o tempo de produção e o custo por unidade tendem a ser menores neste tipo de fabricação.

Um produto mais antigo pode ser renovado com uma nova formula, por exemplo, ao mudar um display em um telefone celular ou a adição de uma câmera em um produto já existente.

Treinamento é fundamental para o sucesso da fabricação ágil

Treinamento é fundamental para o sucesso da fabricação ágil

Os níveis de estoque são reduzidos significativamente com este método de produção. Já que a maioria das tarefas é executada por máquinas, não há peças extras para serem economizadas para uso posterior de uma linha de produção manual. Menores resultados do inventário resultam em taxas mais baixas de abastecimento e impostos, o que reduz diretamente o custo de cada produto, permitindo que o item final de varejo seja vendido a um preço extremamente competitivo, levando a lucros totais mais elevados.

Uma das principais desvantagens para a fabricação ágil é a preparação que o método requer. Cada máquina automática precisa ser comprada e programada para os itens específicos de produção modular.

Fornecedores, como empresas de matérias-primas, devem estar contratualmente vinculadas à empresa de produção para assegurar que um fluxo constante do produto estará disponível para processos de fabricação. Além disso, os funcionários devem ser preparados para a manutenção das máquinas de forma consistente para evitar falhas inesperadas.

Junto com a preparação, os primeiros custos podem representar um obstáculo. A empresa deve gastar uma quantidade substancial de dinheiro para comprar máquinas e materiais para iniciar o processo de manufatura ágil. Muitas empresas não têm os ativos líquidos disponíveis para um investimento inicial tão grande. No entanto, para aqueles que o fazem, uma linha de produção bem-sucedida retornará o investimento em poucos anos.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção