Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Uso da ureia no diesel

A lógica por trás da tecnologia é o controle de óxido de nitrogênio (NOx) na concentrações dos gases de combustão de ignição por compressão (IC) nos motores a diesel.

Mais notícias relacionadas a meio ambiente:

Lubrificantes Fênix minimiza impacto com oxidação térmica
A preocupação com o meio ambiente está no DNA da empresa desde sua fundação.


Empresas de biotecnologia representam Brasil na Bio 2013
Maior convenção do setor acontece em abril nos EUA


Para que servem as cortinas de lodo
Também conhecidas como barreiras de lodo, são usadas para evitar que sedimentos de construção poluam ...


Uso da ureia no dieselA ureia é usada em vários novos modelos de veículos movidos a diesel como surpressor de emissão de pós-combustão. A lógica por trás da tecnologia é o controle de óxido de nitrogênio (NOx) na concentrações dos gases de combustão de ignição por compressão (IC) nos motores.

O NOx é um subproduto natural de sistemas de IC e um dos principais contribuintes para a poluição atmosférica. O valor da utilização de ureia em sistemas de veículos com motores diesel de escape decorre da capacidade da química para converter a maior parte do componente de NOx nos gases para azoto inofensivo e água. Este uso de ureia em veículos com motores diesel é tipicamente conseguido por injeção de uma pulverização fina de ureia em gases de escape de catalisado, assim efetivamente neutralizando uma percentagem substancial do teor de NOx nas emissões de gases de escape nocivos.

Sistemas de ignição de compressão produzem temperaturas e pressões muito mais elevadas do que os motores a ignição de gasolina. Estas condições produzem níveis elevados de óxidos de azoto nos gases de escape dos motores diesel - o que é prejudicial ao meio ambiente.

Preocupações globais sobre o crescente impacto negativo das emissões de NOx como poluente do ar tem levado muitos países a introduzir medidas de controle rigorosas relativas ao NOx em relação aos veículos novos movidos a diesel. Esses controles levam a um aumento do uso de ureia em sistema de motores a diesel. Vários dos grandes fabricantes de automóveis incluem injeção de ureia como um recurso padrão em seus modelos a diesel.

Poluição dos motores a diesel pode ser controlada pela adição de ureia

                                Poluição dos motores a diesel pode ser controlada pela adição de ureia

O uso de uréia nos centros de motores a diesel gira em torno da quebra natural da química de resíduos perigosos do NOx em água inofensivo e nitrogênio. A maioria dos novos carros que têm o diesel como combustível apresentam sistemas de gestão de emissão em múltiplos estágios, que separam NOx de gases de escape de forma progressiva e com a fase de injeção de ureia sendo um dos últimos passos.

A introdução de ureia acontece no conversor catalítico do sistema, onde um jato fino ligado a um tanque separado pulveriza uma névoa fina do líquido para dentro do gás de escape rico em NOx. Os gases de escape liberados para a atmosfera são quase todos compostos de fuligem e NOx livre.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


Atualmente, muitos fabricantes de automóveis estão reivindicando taxas de conversão de NOx de 80% ou mais, utilizando ureia em veículos com motores diesel. Estas reduções terão certamente um impacto ambiental positivo, mas pode aumentar significativamente o custo de conduzir um veículo diesel.

Esses sistemas podem também adicionar inconvenientes para a experiência de condução em veículos a diesel porque muitos dos modelos novos só permitem um número limitado de partidas se o tanque de ureia está esgotado antes de cortar completamente a ignição pelo motorista. Felizmente, a maioria dos novos modelos a diesel tem um recurso de notificação de injeção de ureia e sistemas de alerta que sinalizar ao motorista quando o nível está abaixo do desejado.

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a meio ambiente:

ABNT lança norma sobre manufatura reversa de eletroeletrônicos

Nesta sexta-feira (19 de abril), a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) apresenta em São Paulo a norma ABNT NBR 16156:2013 - Resíduos de equipamentos eletroeletr ...
Desenvolvimento econômico sustentável

O termo desenvolvimento econômico sustentável refere-se ao saldo de crescimento econômico junto com as necessidades sociais e ambientais. Para que o crescimento econômico seja considerado sustent ...
Como funciona um sistema de esgotos

Um sistema de esgoto de águas residuais move o material isolado a partir de seu ponto de origem, de modo que possa ser eliminado ou tratado. Existem três principais ...
Prós e contras de sacolas reutilizáveis

Com tantos problemas ambientais que assolam o planeta, o ideal seria que todas as pessoas contribuíssem para evitar a poluição originada pelo acúmulo de lixo, especialmente por ...
Poluição causada por produtos plásticos

O plástico tornou-se um produto essencial para as pessoas ao redor do mundo. Desde a sua descoberta por Alexander Parkes em 1852, tem sido um dos produtos mais usados ...
O que é biorremediação

A biorremediação é um método, dentro do campo da biotecnologia, criado para impedir as crescentes ameaças provenientes de formas graves de poluição ambiental. Como o nome sugere ...
Ministro da Economia alemão ainda se opõe a licenças de emissão de carbono

Ministério da Economia da Alemanha continua em oposição a um plano da União Europeia para conter um excesso de oferta de licenças no maior mercado mundial ...

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google