Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Uso dos fixadores anodizados

É importante que o tipos de fixadores e demais suprimentos de fixação usem os mesmos metais para todas as partes, a fim de evitar a corrosão galvânica.

Mais notícias relacionadas a suprimentos industriais:

Nanopartículas de óxido de zinco
Partículas individuais de óxido de zinco têm tamanho reduzido, que pode chegar a até 20 ...


Diferenças entre resinas e polímeros
Polímeros passam por um processo especial, chamado polimerização; já as resinas apresentam capacidade de serem ...


Titânio em pó
O processo de transformar o metal em pó não deixa resíduos e mantém a durabilidade ...


fixadores anodizadosFixadores podem incluir porcas, parafusos e anilhas que são usados para ligar peças de metal. Eles são usados como conectores em veículos, aeronaves e barcos. O alumínio pode ser um metal macio, tornando-se difícil de utilizar para a fixação de objetos, porque o metal não tratado pode se deformar ou quebrar. Um processo chamado de anodização cria um acabamento em metal muito mais rígido, e os prendedores anodizados ficam fortes e resistentes ao desgaste ou à corrosão.

A anodização é um processo eletroquímico, utilizando tanto corrente a elétrica quanto um banho químico ácido, para criar um revestimento duro nos fixadores anodizados. O processo envolve a criação de uma camada de óxido de alumínio na superfície exterior das peças. Em vez de um revestimento tal como a pintura, o acabamento anodizado é uma ligação molecular para o alumínio, o que resulta num acabamento muito durável.

O processo utiliza um banho de ácido, que fornece o oxigênio para a reação química. Fixadores anodizados estão ligados a um lado de um circuito elétrico, e um eletrodo de metal separado é submerso no banho. Quando as peças são introduzidas no ácido, um circuito elétrico é estabelecido e as peças de alumínio são oxidadas na superfície para formar um óxido de alumínio.

Modelos de fixadores anodizados e coloridos com corantes

                                                              Modelos de fixadores anodizados e coloridos com corantes

A anodização envolve a oxidação rápida, ou ferrugem, da superfície de alumínio das peças. Ao contrário da ferrugem normal, o óxido de alumínio forma uma estrutura cristalina muito fina, que se torna uma nova superfície muito rígida. Estas superfícies podem se desgastar com o tempo, mas podem proporcionar uma longa vida útil com mínima deterioração, sobretudo quando comparado ao alumínio puro.

É importante que o tipos de fixadores e demais suprimentos de fixação usem os mesmos metais para todas as partes, a fim de evitar a corrosão galvânica. Isto ocorre quando uma pequena corrente elétrica passa entre metais diferentes, e metais macios, como o alumínio, que pode ser mais rapidamente danificado pela ação galvânica. Além disso, para o reforço do metal, os fixadores anodizados estão menos sujeitos à corrosão galvânica, porque o revestimento de óxido de alumínio pode bloquear a corrente elétrica.

Fixadores anodizados são utilizados para personalizar automóveis, e uma razão é que o acabamento anodizado pode facilmente ser colorido de acordo com o utilizador. O acabamento de óxido de alumínio é poroso, o que significa que ele contém muitos pequenos vazios ou aberturas, e não é perfeitamente liso. Estes vazios podem aceitar corantes ou pigmentos coloridos, permitindo que as peças sejam personalizadas com uma grande variedade de cores. A cor torna-se uma parte permanente do revestimento.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Outros metais podem ser anodizados, incluindo o titânio, o que melhora a sua resistência à corrosão em aplicações de aeronaves, onde as peças são expostas a vastas faixas de temperatura e umidade. Soluções de ácido diferentes podem ser utilizadas para fornecer uma gama de revestimentos de óxido, dependendo das especificações das peças. O ácido sulfúrico é o tipo mais comum de anodização, e pode criar revestimentos finos e relativamente espessos. O ácido crômico é utilizado quando revestimentos muito finos são necessários, particularmente para peças que exigem um ajuste muito apertado (tolerâncias estreitas).


Editora

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a suprimentos industriais:

O que é velcro industrial

O velcro® de força industrial é uma marca de prendedores feitos pela Velcro Industries. Essa versão do produto já conhecido da marca foi concebida para aplicações mais pesadas ...
Plástico resistente ao calor

Plástico resistente ao calor é um corpo de material composto de substâncias químicas sintéticas, usualmente polímeros, os quais criam uma variedade de propriedades físicas. Átomos ...
Tipos de pó inseticida

Pó inseticida é usado para matar vários tipos de insetos ao ar livre e dentro de ambientes. No interior de edifícios, o pó é aplicado ao longo das rachaduras perto ...
Para que são usados os inseticidas

Inseticidas são de uso comum na agricultura, bem como em plantas em jardins e espaços vivos, com o intuito de controlar a invasão de uma matriz aparentemente ...
Usos do naftaleno

O naftaleno, ou naftalina, é um produto químico utilizado para fazer inseticidas, lubrificantes, resinas, solventes muitos outros produtos de consumo comerciais. Este pó sólido branco é mais conhecido como naftalina ...
Usos da DMDM-hidantoina

Dimetilol dimetil-hidantoína (DMDM-hidantoína), é um ingrediente conservante comum encontrado em produtos cosméticos, na produção de materiais de construção e em artigos domésticos. O composto qu ...
Produção de formaldeído

Compostos orgânicos, simples ou complexo, podem ser produzidos de várias maneiras. Apenas os de melhor custo-benefício podem ser utilizados para a produção comercial. A produção ...

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google