Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Soldagem por arco submerso

A ação de soldagem ocorre sob a camada de fluxo, sem qualquer arco visível, respingos, fumaça ou flash de luz.

Mais notícias relacionadas a metal mecânica:

Como escolher o melhor eixo de aço
O aço é muitas vezes a melhor escolha para um eixo, pois é resistente a ...


Extrusão de alumínio
Peças são produzidas por aquecimento de alumínio ou suas ligas através de um molde no ...


O que é usinagem fotoquímica
Método cria imagens ou recortes gravados em uma folha de metal por meio da exposição ...


Soldagem por arco submersoNa soldagem por arco submerso, também conhecida como arco oculto, fusão submersa ou sub-arco, se forma o arco entre um elétrodo de metal e a peça de trabalho sob um cobertor de fluxo granular. A ação de soldagem ocorre sob a camada de fluxo, sem qualquer arco visível, respingos, fumaça ou flash de luz. Aqui, o arco de soldagem é protegido por fluxo granular, que consiste em sílica, cal, óxido de manganês, fluoreto de cálcio e outros elementos.

O fio de enchimento utilizado pode ser liso ou ligeiramente revestido de cobre. O elétrodo consumível é uma bobina de fio redondo nua de 1,5-10 mm de diâmetro.

A ação de soldadura pode ser iniciada através da introdução de uma peça de alta resistência de material condutor como a lã de aço ou carbono entre o elétrodo e a peça de trabalho. Uma vez que soldagem tenha sido iniciada, o calor intenso produzido pelo fluxo de corrente no percurso de alta resistência derrete um caminho de fluxo à volta do elétrodo, formando uma piscina condutora.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


O material de enchimento fundido desloca o fluxo de líquido e se funde com o metal da base fundida, formando a solda. O revestimento de fluxo fundido sobre a piscina de metal fundido forma um cobertor que elimina as perdas de respingos e protege a junta soldada da oxidação.

Como resultado, o metal de solda fundida arrefece o fluxo de líquido e solidifica sob uma camada de fluxo não utilizado. O fluxo de fundido em solidificação forma uma camada de escória quebradiça, que pode ser facilmente removida. Além disso, o material de fluxo granular não utilizado pode ser recuperado e reutilizado.

Entre as características do processo de soldagem de arco submerso, estão: corrente elétrica de 300 a 2000ª, fonte de alimentação de 440 V e velocidade de 5m/minuto.

Fio de preenchimento da solda submersa pode ser revestido de cobre

Fio de preenchimento da solda submersa pode ser revestido de cobre

O processo de SAS proporciona uma produtividade muito elevada, depositando entre 4 e 10 vezes a quantidade de metal de solda por hora.

As vantagens desse método incluem:

  • Placas finas podem ser facilmente soldadas em uma passagem sem qualquer preparação da borda enquanto que apenas uma ligeira biselagem é necessária na maioria dos outros casos.
  • A qualidade da soldagem produzida por arco submerso é muito alta, com boa ductilidade e uniformidade de propriedades.
  • A técnica do arco submerso é mais adequada para a soldagem na posição para baixo ou plana, embora as soldaduras possam ser feitas sobre uma inclinação reta.
  • Materiais que se dão bem com esse processo incluem o aço de baixo carbono, aço carbono médio, aço resistente ao calor, aço resistente à corrosão, aços de elevada resistência e metais não ferrosos, tais como metal monel, níquel e outros.
  • Alta velocidade de execução, devido à utilização de altas correntes em um ou mais fios de elétrodos
  • O arco é oculto, permitindo ao operador trabalhar sem máscara e sem perturbar outras pessoas próximas

No entanto, existem algumas limitações para esse processo, como o fato de que ele só pode ser utilizado em ligas e não ligas de aço carbono, aço inoxidável e refratários, execução somente na horizontal (a não ser que sejam tomadas medidas especiais) e a impossibilidade de soldar uma chapa inferior a 1,8 mm de espessura (devido à sua elevada taxa de penetração) e peças de trabalho conjuntas de mais de 16 mm de espessura. As espessuras superiores a 16 mm requerem uma preparação especial (biselagem).

Entre seus usos, estão vasos de pressão para trabalhos pesados, engenharia offshore de petróleo e gás e construção naval.

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a metal mecânica:

Como escolher o melhor adesivo para metal

Para decidir pelo melhor adesivo para metal, é necessário considerar uma série de fatores que envolvem o trabalho que se pretende realizar. Se a aplicação exige um adesivo ...
Processo de pressão isostática a quente

Pressão isostática a quente é um processo em que a densidade global de um componente é aumentada, removendo o excesso de líquidos e vazios. Isto normalmente ocorre em duas ...
Composição de plásticos

Composição de plástico é um processo de adição de materiais em uma base de plástico fundido para produzir um material com qualidades desejadas. Aditivos e modificadores podem ...
O que é curvatura plástica

A curvatura plástica normalmente envolve a alteração da forma de folha de plástico ou de ângulos que integram no tubo de plástico rígido para aplica ...
Tolerância de curvatura

Tolerâncias de curvatura é uma medida da quantidade de material extra necessária para acomodar uma curva na folha de metal. Esta é uma função do ângulo de dobra, o ...
Microusinagem de massa

Microusinagem de massa é um método de fabricação de componentes mecânicos ou elétricos extremamente pequenos. Este processo tipicamente usa wafers de silício, mas, ocasionalmente, utiliza pl ...
Microfabricação ou microusinagem

Microfabricação e microusinagem são termos que descrevem as tecnologias e processos utilizados na tomada de estruturas microscópicas ou dispositivos. Estas estruturas podem variar em tamanho, a partir ...

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google