Tipos de metalóidesMetalóides, ou semimetais, são um grupo de elementos que possuem, ao mesmo tempo, as propriedades de metais e de não-metais.

O termo vem do latim metallum , o que significa metal, e oeides , que significa "semelhante em forma e aparência".

Os seis elementos a seguir são comumente considerados metalóides:

  • Boro (foto acima, à esquerda)
  • Silício
  • Germânio
  • Arsênico
  • Antimônio
  • Telúrio

Entre as características desse conjunto de metais, podemos destacar sua fragilidade, seu aspecto brilhante e metálico e suas propriedades semicondutoras.

Ao contrário dos metais, no entanto, eles não são nem maleáveis nem dúcteis e, embora eles não se liguem facilmente com outros metais, cada metalóide seletivamente se compõe com elementos metálicos determinados para formar ligas.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


As aplicações dos metalóides são diversas: como são frágeis demais para usos estruturais, aparecem mais frequentemente nas indústrias química, eletrônica e nas indústrias de liga leve.

Germânio e silício foram fundamentais para o desenvolvimento dos primeiros modelos de transistores no final de 1940 e são, até hoje, parte integrante de semicondutores e componentes eletrônicos de estado sólido.

Características dos semimetais incluem aspecto metálico, como o do germânio

Características dos semimetais incluem aspecto metálico, como o do germânio

Antimônio metálico é amplamente utilizado em ligas, tais como estanho e Babbitt, enquanto as formas químicas de antimônio aparecem como um ingrediente retardador de chamas em plásticos e outros materiais.

Telúrio é bastante usado como um agente de liga para melhorar a maquinabilidade de determinados aços, bem como em aplicações de eletrotérmicos e fotovoltaicos, devido às suas propriedades únicas de condutividade térmica.

Boro, um elemento extremamente rígido, é usado como um dopante em semicondutores, como um agente de ligação em imãs terrosos permanentes, bem como em substâncias abrasivas e químicas.

Também frequente como um adicional em alguns semicondutores, o arsênico é mais freqüentemente encontrado em ligas metálicas com cobre e chumbo, em que ele atua como um agente de reforço.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica