O grupo Körber Schleifring - fabricante das máquinas das marcas Blohm, Jung e Mägerle, para retificação plana e de perfis; Mikrosa, Schaudt e Studer, para retificação cilíndrica, e Ewag e Walter, para retificação de ferramentas - está transferindo sua filial brasileira para Sorocaba (SP). Um dos objetivos é ficar próximo à Walter do Brasil que, embora o grupo Walter AG tenha negociado a divisão de máquinas com a Schleifring em maio de 2005, continua como representante exclusivo da linha no Brasil e América do Sul.

Além do escritório de venda, a nova sede da Schleifring Brasil, localizada na avenida 15 de Agosto, irá oferecer uma estrutura completa de assistência técnica, estoque de peças para reposição e um show room onde, até dezembro, estarão expostas quatro máquinas vindas da Alemanha e Suíça.

Essa aproximação, segundo o gerente geral da Schleifring Brasil, Rogério Fuzaro, vai facilitar a integração dos negócios. "Iremos criar sinergias que favoreçam o resultado final. A venda será direcionada para as necessidades de cada cliente, por meio de um contato direto. Na nova sede, eles vão poder avaliar as máquinas em funcionamento, tirando todas as dúvidas com os engenheiros e técnicos", diz Fuzaro.

Com 12 anos no mercado mundial, o grupo Körber Schleifring possui escritórios na Europa, China e Estados Unidos. Há cinco anos está presente no Brasil, onde detém cerca de 5% do mercado. De acordo com Fuzaro, a mudança deverá abrir novas possibilidades tanto para o mercado regional quanto para a América do Sul. "Queremos estar mais presentes no mercado sul-americano, por isso estamos até estudando a possibilidade de contratar um representante na Argentina e o escritório no Brasil será a referência para o Mercosul", explica.

Fuzaro informa que a expectativa, com a transferência para Sorocaba, é que as vendas aumentem 20% em 2006.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos