turquesaA turquesa, encontrada pela primeira vez nos depósitos antigos na Pérsia, foi extraída e utilizada por milhares de anos. A pedra azul luminescente é valorizada pela sua cor clara, e é frequentemente usada em artes decorativas e joias. Embora a turquesa seja um mineral relativamente abundante, as recentes tentativas de criar substitutos menos caros ou versões melhoradas tiveram um sucesso considerável. Um método secreto, o processo de Zachary, pode realmente aumentar a dureza, a cor e o brilho das pedras usadas.

Um dos problemas da turquesa não tratada é que a cor e brilho desaparecem ao longo do tempo. Embora, inicialmente, a pedra natural pode ter o tom de céu azul brilhante ou azul-verde, as cores desaparecem com o tempo, caso a pedra não seja tratada. O processo de Zachary é uma das muitas tentativas de melhorar a duração do mineral e selar a sua cor mais solidamente. O resultado, de acordo com os defensores, é uma pedra mais brilhante e maior durabilidade.

Pedras turquesas

Pedras turquesas

Uma companhia de Glendale, Califórnia (EUA), defende que o método foi inventado por um funcionário contratado. De acordo com os seus comunicados de imprensa, um engenheiro e comerciante chamado James E. Zachary, que passou sua vida trabalhando com o mineral, criou a técnica. Detalhes do processo são bastante misteriosos, pois a empresa claramente tenta manter em sigilo o conhecimento a cerca da invenção. Sabe-se que ela envolve a adição de certos produtos químicos para pedras de grau médio ou superior, e esta etapa é seguida por um aquecimento para estabilizar as pedras. Tipicamente, a turquesa, depois de extraída pela mineração, é tratada com cera ou resina para selar a cor, com sucesso variável.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Segundo alguns especialistas, o procedimento aplicado na pedra de turquesa reaviva a cor das pedras naturais. Apenas no nível químico é que qualquer diferença é detectada, e a técnica pode, na verdade, trazer uma cor mais clara no material natural. A superfície selada é mais resistente do que a pedra porosa natural, e é menos provável que vá descolorir devido à interação com a oleosidade da pele e outros agentes.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Mineração
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Mineração