Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

IBS reduz expectativas para o setor

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


O faturamento só deve crescer por conta do aumento de preços ocorrido no início do ano. A estimativa de desaquecimento do consumo de aço no mercado interno forçou o Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS) a revisar para baixo as expectativas de vendas e produção do setor para este ano. Dos cinco itens avaliados entres os associados, quatro sofreram redução frente à previsão anterior do instituto. Apesar do cenário mais pessimista, os executivos acreditam que o faturamento (de R$ 51,5 bilhões em 2004) crescerá por conta do aumento de preços ocorrido no início do ano.

"As vendas internas só devem se recuperar a partir do terceiro trimestre", previu o presidente do IBS, Luiz André Rico Vicente. Até lá, disse ele, estarão sendo consumidos os estoques, que estão bem acima da média tradicional.

Segundo o executivo, a queda de consumo no mercado interno está associada, no caso dos longos, à retração do setor de construção civil. Já no caso dos planos, Rico Vicente atribuiu o recuo à política restritiva de juros do governo. "Com juros mais altos, o consumidor compra menos eletrodomésticos, o que freia a venda dos aços planos", completou.

Já as vendas ao exterior deverão apresentar um recuo mais brando, de 0,7%, com estimativa de venda de 11,9 milhões de toneladas. "A redução nas vendas internas será compensada parte pelo ajuste na produção e parte pelas exportações, em especial de planos", disse o executivo.

Na avaliação do IBS, a produção de aço bruto este ano deve ficar em 31,4 milhões de toneladas, 4,4% abaixo dos 32,9 milhões de toneladas do ano passado. Em relação aos laminados, a expectativa é de recuo de 3,7%, com 222, 5 milhões de toneladas/ano.

O único item a não registrar queda na expectativa foi importação, que deve ter elevação de 9,3% de acréscimo, o equivalente a 600 mil toneladas. "Este aumento não preocupa, trata-se de um volume muito pequeno e de materiais muito específicos que não são fabricados aqui", ressaltou Rico Vicente.

A revisão dos números foi reflexo dos indicadores apurados no primeiro semestre deste ano. No período, a redução das vendas internas foi de 2,4%, sendo 11,4% dos longos e 11,3% em semi-acabados. O destaque ficou com os planos, que tiveram expansão de 4% nas vendas.

"A elevação nas vendas internas de planos deve-se à indústria automobilística nacional, que tem registrado volumes cada vez maiores de fabricação para a exportação", explicou o presidente do IBS.

A produção de aço bruto no primeiro semestre caiu 1,2%, para 15,9 milhão de toneladas. Este ano, junho foi o pior mês para a indústria siderúrgica brasileira, com queda de 13,1% nas vendas internas. De acordo com Rico Vicente, o plano de investimentos do setor para o período de 2005 a 2010 está mantido em US$ 12,6 bilhões.

Para o executivo, a crise política do governo não atrapalha o andamento de projetos que já estão aprovados, mas põe em xeque investimentos que poderiam estar sendo discutidos agora. "Problemas como este tiram a visão de futuro das empresas", disse Rico Vicente.

Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google