Refrigerador de absorçãoUm refrigerador de absorção é um tipo de unidade de arrefecimento que faz uso de algum tipo de fonte de calor para criar a energia que, em última análise, torna possível operar o sistema de refrigeração encontrado no dispositivo.

O conceito por trás da geladeira de absorção tem sido disseminado desde meados do século 19, quando o cientista francês Ferdinand Carré inventou a versão mais antiga desse equipamento, usando um combustível combinado de água com ácido sulfúrico. O design original foi refinado nos primeiros anos do século 20 e levou à produção comercial dos primeiros refrigeradores, em 1923.

Refrigeradores deste tipo podem utilizar diversas fontes alternativas para criar a energia necessária para o funcionamento da unidade, incluindo energia solar ou ainda algum tipo de combustível, como o querosene.

Modelo de geladeira de absorção

Modelo de geladeira de absorção

Um refrigerador de absorção é uma alternativa ideal para locais que não suportam o uso da geladeira de compressor comum, geralmente devido à falta de disponibilidade constante de corrente elétrica a partir de uma rede de energia.

A utilização de frigoríficos de absorção inclui aplicações residenciais e comerciais. Em termos de uso pessoal, esse tipo de unidade de refrigeração é muito prático, quando existe a necessidade de manter os alimentos frescos durante uma longa viagem. Unidades menores podem caber confortavelmente em um veículo de passeio e fazer uso da fonte de combustível para manter uma temperatura constante, que evita que os alimentos se deteriorem.

Os modelos maiores são ideais para uso em cabines remotas que não estão conectadas a uma rede de energia. Quando não estiverem em uso, as unidades podem ser desligadas e armazenadas com relativa facilidade.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


Um refrigerador de absorção comercial é frequentemente prático para o armazenamento de grandes quantidades de artigos perecíveis em locais onde não há acesso a uma fonte constante de eletricidade.

Uma das vantagens desse modelo é que, ao contrário das unidades de refrigeração tradicionais, que fazem uso de vários compressores e componentes para criar o efeito de arrefecimento, frigoríficos de absorção geralmente usam amoníaco como combustível.

O líquido é convertido em gás, sem a necessidade de componentes internos. O gás esfria e, eventualmente, cria o efeito de congelamento. O consumo de combustível é geralmente bastante eficaz, o que faz com que seja possível fazer funcionar o sistema por um longo período de tempo com uma quantidade relativamente pequena de combustível.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos