Importância do planejamento de manutenção preventivaO plano de manutenção preventiva é uma abordagem estruturada que visa garantir que qualquer equipamento usado em uma empresa está funcionando com o mais alto grau de eficiência possível. O objetivo é minimizar as oportunidades de quebra da máquina, o que podem prejudicar a produtividade da empresa.

Embora um plano desse tipo varie de acordo com a natureza da operação de cada empresa, existem alguns princípios básicos que fazem parte de qualquer estratégia de manutenção preventiva, como testes regulares, ajustes periódicos, substituição de peças desgastadas e rotina de limpeza.

Plano é fundamental para organizar a manutenção em uma indústria

Planejamento é fundamental para organizar a manutenção em uma indústria

O teste como uma base do planejamento de manutenção envolve geralmente uma análise em curto prazo do equipamento, conectado com cada função que o aparelho realiza regularmente. Não é raro que testes desse tipo sejam realizados no final de um dia de trabalho ou no fim de semana.

Em fábricas que operam 24 horas por dia, 7 dias por semana, o teste pode ocorrer perto do fim do deslocamento, o que torna possível mínimo impacto sobre os valores de produção.

Muitas vezes, a execução desses testes periódicos ajuda a identificar potenciais problemas que poderiam causar, ao longo do tempo, que o equipamento se torne inoperável, além de proporcionar a oportunidade de abordar essas questões na hora, em vez de mais tarde.

Junto com os testes, um plano preventivo de manutenção também inclui ajustes de rotina e substituição de componentes desgastados. Isso ajuda a manter o equipamento em conformidade com as normas de produção e evitar eventuais longos períodos de inatividade.

Pessoal treinado especialmente para a função faz todo tipo de revisão, desde ajustes de parafusos soltos até engrenagens fora de alinhamento. Quando e como for necessário, componentes desgastados como engrenagens, volantes ou outras peças essenciais da máquina são substituídas antes que eles tenham a chance de criar estresse adicional sobre outros componentes e, eventualmente, causar uma perda de qualidade ou velocidade na produção de mercadorias.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------


Quase sempre, o plano de preventiva inclui a limpeza do equipamento. Por exemplo, em uma fábrica onde diferentes tipos de tecido são produzidos, a fiação e a tecelagem das matérias-primas muitas vezes deixam um resíduo na maquinaria.

Não é incomum usar mangueiras de ar pelo menos uma vez a cada turno de 8 horas para limpar este resíduo, minimizando as chances de que os restos de material se apeguem aos componentes e causem algum tipo de avaria ao longo do tempo. Dependendo das recomendações do fabricante, cada aparelho pode precisar ser retirado da produção por algumas horas para uma limpeza mais intensa uma vez ou duas vezes por mês.

Criar e seguir um cronograma é essencial para o sucesso de qualquer planejamento de manutenção preventiva. Não fazer isso pode levar a atrasos que causam atrasos e oneram a empresa, além de pagamento de funcionários, que deve esperar enquanto a máquina estiver sendo reparada. Com essa estratégia, o tempo de inatividade é mantido a um mínimo, a qualidade dos produtos produzidos não é comprometida e os níveis de produtividade ajudam a manter a linha dentro de um intervalo aceitável.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção