Como os terremotos podem ser previstosTerremotos acontecem quando as placas tectônicas subjacentes dos continentes colidem entre si violentamente, causando vibrações fortes. Ao contrário dos eclipses solares e lunares, a previsão de terremotos era totalmente impossível antes da década de 1970. No entanto, algum progresso foi feito nas últimas décadas.

Em fevereiro de 1975, os cientistas previram um terremoto com cinco horas de antecedência. O terremoto ocorreu em Haicheng, no nordeste da China, e foi a primeira vez que uma previsão de terremoto deu certo. Milhões de pessoas tiveram tempo de deixar suas casas e fábricas antes que os fortes tremores os atingisse, poupando dezenas de milhares de vidas. Embora muitas cidades tenham sido totalmente destruídas, apenas algumas centenas de pessoas morreram.

Outro terremoto chinês ocorreu perto de T'ang-shan, em agosto de 1976. Embora o desastre natural tenha sido previsto com alguns anos de antecedência, cerca de 700.000 pessoas perderam suas vidas em decorrência dos tremores de terras. Isto porque previsões em longo prazo parecem ter um nível de confiabilidade limitado.

Os terremotos podem ser cientificamente previstos, observando pequenas rachaduras nas rochas e como eles se ampliam quando a rocha está sob estresse. Outras mudanças também são observáveis quando uma rocha começa a comprimir outra porção, incluindo mudanças na resistência elétrica e a velocidade com que as ondas sonoras se propagam através da rocha. O inchaço de rachaduras em uma rocha antes de quebrar é chamado de dilatação. Inicia-se quando a força sobre a rocha é de cerca de metade da força necessária para a sua quebra.

Cientistas estudam melhores formas de prever os terremotos com antecedência

Cientistas estudam melhores formas de prever os terremotos com antecedência

Na Rússia e Estados Unidos, pequenos terremotos no ambiente têm sido previstos com até cinco anos de antecedência, mas prever grandes terremotos ou tremores de terra em torno de certas falhas pode ser algo difícil. A taxa de segurança tem de ser elevada para um aviso ser emitido. A previsão de terremotos ainda é uma ciência bastante imperfeita.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Em 1966, em Denver, Colorado (EUA), resíduos líquidos foram injetados em alta pressão em um poço. Este soltou o atrito entre rochas em uma falha, causando pequenos terremotos. O uso dessa técnica para liberar a pressão em lugares, como a falha de San Andreas, foi discutido, mas ainda não foi implementado. Claramente, pequenos terremotos controlados são preferíveis a uma liberação enorme de pressão tectônica. Cabe destacar que os terremotos perturbam o funcionamento de usinas nucleares e esta é uma preocupação especial, alertando que pesquisas devem ser feitas no intuito de prever sua ocorrência.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente