Prós e contras da manufatura ágilA fabricação ágil é uma estratégia de produção de negócios que utiliza peças modulares e automação, ao invés de um modelo de linha de montagem para aumentar a satisfação do cliente, permitindo que bens sejam produzidos e fornecidos mais rapidamente e com maior personalização. Este projeto de produção tem muitos benefícios, incluindo a capacidade de alterar os tipos de produtos de forma rápida e capacidade de manter os níveis menores de estoque. A manufatura ágil também tem desvantagens, no entanto, como preparação extensa e alto custo de investimento inicial.

Muitas empresas de produção mudam para um modelo de manufatura ágil com o intuito de melhor atender o desejo dos consumidores. A automação necessária para construir um produto em um ambiente de manufatura ágil, e em tempos de produção rápidos, serve melhor a demanda por um determinado item. Distribuidores beneficiados pelos processos de fabricação ágeis terão um grande estoque de produtos à pronta entrega para os consumidores adquirirem.

A estratégia de produção ágil emprega uma construção modular para todos os produtos e, como resultado, cada produto pode ser decomposto nas suas componentes individuais modulares para facilitar a personalização ou alteração. Como muitas vezes é possível evitar a criação de novos projetos e peças; com isso, o tempo de produção e o custo por unidade tendem a ser menores neste tipo de fabricação.

A produção de carros é um exemplo de manufatura ágil

A produção de carros é um exemplo de manufatura ágil

Níveis de estoques são reduzidos significativamente com este método de produção, desde que a maioria das tarefas seja executada por máquinas; não há peças extras para serem guardadas para uso posterior em uma linha de produção manual. Um inventário menor resulta em taxas mais baixas de abastecimento e impostos, o que reduz diretamente o custo de cada produto. Esta redução de custos permite que o item final de varejo seja vendido a um preço extremamente competitivo, levando a lucros mais elevados.

Uma das principais desvantagens para a fabricação ágil é a preparação requerida. Cada máquina automatizada precisa ser comprada e programada para os itens específicos de produção modular. Fornecedores, tais como empresas de matérias-primas, devem ser contratualmente vinculados à empresa de produção para garantir que um fluxo constante de produto esteja disponível aos processos de fabricação. Além disso, os funcionários devem ser preparados para manutenção das máquinas em uma base consistente a fim de evitar falhas inesperadas.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Junto com a preparação, os custos iniciais de partida podem ser um obstáculo. A empresa deve gastar uma quantidade substancial de dinheiro para comprar máquinas e materiais, de modo a iniciar o processo de manufatura ágil. Muitas empresas não têm os ativos líquidos disponíveis para um investimento inicial grande, no entanto, para aqueles que o fazem, uma linha de produção bem-sucedida retornará o investimento em um poucos anos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Automação Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Automação Industrial