Sinterização seletiva a laserSinterização seletiva a laser é um método de fabricação que utiliza um laser de alto calor para fundir pó em uma forma pré-determinada.

Este método é um tipo de manufatura aditiva, o que significa que o item é construído a partir de materiais numa forma final, o que contrasta com a produção subtrativa, em que o material é removido a partir de uma peça até atingir a sua forma final.

Sinterização a laser requer um modelo de computador ou a descrição da peça final. O programa de orientação lê o modelo e lentamente constrói a forma dos materiais disponíveis.

O processo começa com a criação de uma representação computadorizada da peça final. Esse modelo é, muitas vezes, feito usando um software de design para a parte final, que possibilita a visualização fácil do item em um espaço virtual. Se o programa não é utilizado, é possível criar modelos matemáticos ou programados que existem apenas como código. Estas peças podem ter vários detalhes específicos, mas são muito mais difíceis de criar.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Depois que o modelo for criado, o software de sinterização seletiva lê os dados e aciona o laser. Esta máquina é geralmente um laser industrial de alta temperatura, como laser de dióxido de carbono. O calor do feixe funde os materiais em pó batendo com pulsação muito quente. A ação do laser para o aquecimento secundário, o que impede que os materiais indesejados grudem na peça de trabalho ou a criação de uma fusão não intencional.

O pó utilizado nesse tipo de sinterização é geralmente uma mistura de duas partes. O núcleo interior do pó é um material denso que proporciona peso e estrutura para a peça final. Essa parte interna está coberta por um material que é facilmente fundido, como nylon ou plástico.

Esquema de sinterização com laser

Esquema de sinterização com laser

Quando uma única peça em pó é utilizada, é geralmente feita de areia ou de metais - dois materiais que derretem bem, mas ainda fornecem estrutura. Misturas únicas muitas vezes resultam em um produto de acabamento de melhor qualidade, mas geralmente custam mais para produzir e requerem mais calor para derreter.

O laser faz a camada de trabalho um pedaço de cada vez. O pó é fundido a uma porção da peça final e deixado para esfriar. Em seguida, o laser faz a parte seguinte e depois a outra, cada uma com um pequeno tempo de arrefecimento no meio.

Dependendo dos materiais utilizados, o período de esfriamento pode ser de alguns segundos até uma quantidade quase imperceptível de tempo. Conforme a peça é construída, não requer nenhum apoio externo, já que o excesso de pó no tanque dá suporte em todos os lados.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica