BASF prevê corte de 400 vagasA BASF anunciou que planeja cortar cerca de 400 postos de trabalho em sua seção de químicos para construção civil, uma resposta à queda no setor em várias partes da Europa por conta da crise financeira.

A multinacional alemã se pronunciou na última quinta-feira e afirmou que pretende oferecer aos funcionários afetados pelo corte vagas em outras partes da empresa "sempre que possível". Ela planeja iniciar conversações com representantes dos trabalhadores imediatamente.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

A divisão de produtos químicos para construção, denominada BASF SE, inclui a fabricação de aditivos para cimento e selantes e conta com cerca de 7 mil funcionários em todo o mundo.

A empresa afirmou ter sofrido com o estouro da bolha imobiliária na Espanha, além da diminuição drástica de projetos de construção na Grécia e na Itália e uma diminuição significativa na atividade na Grã-Bretanha nos últimos quatro anos.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas