Estudo inédito mede capacidade de fornecimento das indústriasUberlândia e região (MG) vivenciam hoje um momento de acelerado desenvolvimento, onde alguns investimentos estão sendo direcionados para a cidade por meio da instalação de grandes empreendimentos, como Ambev, Natura e GeoCiclo. Estas empresas irão movimentar fornecedores e necessitar de mão de obra capacitada e requalificada para as novas demandas.

Mas será que as empresas em Uberlândia estão preparadas para atuar como fornecedoras destes centros industriais? Pensando nisso, o Sebrae Minas e a Fiemg Regional Vale do Paranaíba, em parceria com os Sindicatos das Indústrias, Cintap e juntamente com a Unedi, vão elaborar um “Diagnóstico da Indústria de Uberlândia”.

Trata-se de uma pesquisa que tem como objetivo conhecer as características, necessidades e dificuldades da industrial regional, tornando-as mais competitivas e fortalecendo o empresariado local.

----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

“Com este estudo será possível catalogar o potencial produtivo, desenvolvimento tecnológico, gestão de produção e diagnosticar o que precisa ser melhorado, afim de que as próprias empresas de Uberlândia sejam fornecedoras desses grandes pólos industriais”, explica Josmara Galvão, analista de negócio da Fiemg.

Os pesquisadores do ECO Instituto de Desenvolvimento Sustentável, após agendamento de visita, vão à empresa e fazem o estudo que é finalizado em torno de duas horas. O questionário será preenchido pelo empresário e depois de todo levantamento pronto, uma nova visita é agendada para uma devolutiva, apresentando individualmente os resultados gerais apontados no diagnóstico, que deve ser divulgado até o final deste ano.

Cerca de 150 companhias já fizeram à adesão a pesquisa, que é gratuita. O empresariado que tiver interesse tem até o dia 15 de outubro para participar.

As informações serão utilizadas somente para estudo do setor e todas as entidades são signatárias de um compromisso de confidencialidade.

Para adesão e mais informações, entre em contato com a secretaria ECO instituto, pelo telefone (34) 3230-5281 ou através do e-mail nit02@cintap.com.br.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas