Bloco de copolímerosNa indústria química, um polímero é uma cadeia de moléculas, em que pequenas moléculas estão ligadas umas às outras. Polímeros vêm em variedades diferentes, entres elas, o copolímero. Um copolímero é produzido quando dois tipos diferentes de moléculas são unidas na mesma cadeia polimérica.

Cada um dos dois tipos de moléculas é chamado de monômero, e o arranjo dos monômeros conduz a diferentes categorias e subcategorias de copolímeros. Por exemplo, um copolímero alternativo consiste em monômeros A e B regularmente alternados, de modo que o copolímero em cadeia fica assim: ABABABAB.

Um copolímero aleatório tem sequências aleatórias de A e B, tais como BAAABABAABB. Copolímeros periódicos são ainda mais comlexos, uma vez que consistem de monômeros A e B dispostos numa sequência de repetição. Por exemplo, se a sequência A e B descrita no segundo exemplo acima se repete, sem alterar, mesmo que a própria sequência pareça aleatória, isto seria um copolímero periódico.

Copolímeros em bloco têm estrutura mais simples, mas também mais atributos diferentes. Estes copolímeros são constituídos por "blocos", onde monômeros de todos os tipos são agrupados em conjunto. É como se dois polímeros comuns fossem unidos nas extremidades. Nesses compostos, os dois monômeros se comportam de forma que os cientistas chamam de separação de fases.

Cadeia de copolímeros

Cadeia de copolímeros

Separação de fases é a mesma coisa que acontece quando o óleo e água - duas substâncias incompatíveis – são separadas em um recipiente. Os compostos de copolímeros em bloco são atomicamente ligados entre si, e em vez de separar visualmente como óleo e água, separam-se a uma escala microscópica.

Outra forma de copolímeros é categorizada pela forma das estruturas formadas pelas cadeias de polímeros. Copolímeros lineares são apenas uma cadeia única, enquanto que os copolímeros ramificados têm uma cadeia principal com outras cadeias que se ramificam para o lado, a intervalos. Um tipo comum de copolímero ramificado é o copolímero de enxerto, em que a cadeia principal consiste apenas de monômero A, e os ramos consistem apenas de monômero B.
----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Neste caso, ambos os monômeros podem emprestar propriedades para o copolímero acabado. Um exemplo seria o suprimento poliestireno de alto impacto. Ele tem uma cadeia principal de poliestireno, que confere ao material a sua força. Na “espinha dorsal” do poliestireno são inseridas cadeias de polibutadieno no composto, o que confere ao material uma resistência que carece ao poliestireno ordinário.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais